Tamanho do texto

Em casa, cariocas precisam vencer para manter distância confortável da zona de rebaixamento

Sem vencer há seis rodadas, o Flamengo volta a campo neste domingo para tentar se recuperar no Campeonato Brasileiro . No entanto, os cariocas não terão vida fácil, pois o adversário deste fim de semana será o Grêmio, terceiro colocado no torneio. Comandados pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, que começou o ano à frente da equipe da Gávea, o time gaúcho tentará se aproveitar do momento ruim de seu adversário para conquistar mais três pontos no Engenhão.

Grêmio está em terceiro e Fla em décimo sexto. Veja a classificação do Brasileiro

Com a fase ruim vivida pelo Flamengo no torneio, o técnico Dorival Júnior poderá ao menos contar com reforços para esta rodada. O zagueiro González e o volante Cáceres, que estavam servindo as seleções chilena e paraguaia, respectivamente, estão de volta. No entanto, o treinador não terá o zagueiro Wellinton e o meia Matheus, ambos vetados pelo departamento médico. Desta forma, o comandante deverá improvisar Léo Moura no meio para promover a entrada de Wellington Silva na lateral direita.

Com o time em crise, torcida do Flamengo promete pressionar ainda mais em caso de mau resultado
Vipcomm
Com o time em crise, torcida do Flamengo promete pressionar ainda mais em caso de mau resultado


Em meio a este conturbado momento de indefinições dentro e fora do campo, o ídolo rubro-negro Vagner Love tomou a palavra e pediu tranquilidade aos torcedores cariocas. "Futebol pode acontecer de tudo. Estamos sujeitos ao rebaixamento, mas só depende de nós. Acredito muito no grupo e vamos lutar para que nada de ruim aconteça ao Flamengo."

Na tentativa de acumular pontos que livrem a equipe da incômoda 16ª colocação na tabela do Brasileiro, o técnico Dorival Júnior antecipou a concentração para a sexta-feira, um dia antes do que o normal. Enquanto isso, o treinador Vanderlei Luxemburgo goza da tranquilidade proporcionada pelos 47 pontos que acumulou no torneio e se mantém confiante na perseguição dos líderes do campeonato.

Entretanto, a caça ao Fluminense e Atlético-MG só será mantida se o time não perder pontos nas próximas rodadas. Com este pensamento em mente, a equipe irá praticamente completa para o Rio de Janeiro. A única ausência será o volante Fernando, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em seu lugar, a opção deve ser Léo Gago, uma vez que o jogador foi testado pelo comandante no segundo tempo da vitória contra o Náutico, na última quinta-feira.

Se perdeu seu cabeça da área, Luxa ao menos contará com uma volta importante ao time titular. O meia Zé Roberto, que cumpriu suspensão na última rodada, retorna para o setor de criação. Além dele, outro jogador que não atuou contra o Náutico, por estar suspenso, foi o centroavante André Lima, que ficará como opção na reserva de Marcelo Moreno.

Com tamanhos privilégios dentro e fora do campo, o Grêmio também pode se aproveitar do fato de não deixar o terceiro lugar mesmo com um tropeço. A distância para o vice-líder Atlético-MG (com quem o Grêmio joga na semana que vem) é de quatro pontos, e de seis para o Fluminense. Em compensação, a equipe tem cinco pontos de vantagem para o Vasco, quarto colocado, e está nove à frente do Botafogo, primeiro clube fora do G-4.

"Temos uma projeção a cumprir, estabelecida pelo Vanderlei, e é nela que estamos focados", afirmou o meia Elano. Luxa estipulou que, com 37 pontos no returno, o Grêmio chegaria a 74 e terminaria a temporada certamente entre os quatro primeiros, além de contar com boas chances de chegar também ao título brasileiro da temporada. Até agora, o time conquistou 10 pontos em cinco jogos no returno e caminha em passos largos para conquistar a tão desejada vaga na Copa Libertadores.

FICHA TÉCNICA -  FLAMENGO X GRÊMIO

Local: estádio João Havelange, Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de setembro de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Carlos Nogueira Júnior (SP)

FLAMENGO: Felipe; Wellington Silva, Frauches, González e Ramon; Muralha, Cáceres, Ibson e Léo Moura; Adryan e Vagner Love
Técnico: Dorival Júnior

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Souza, Léo Gago, Elano e Zé Roberto; Kléber e Marcelo Moreno.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo