Tamanho do texto

Ultrapassados pelo São Paulo, cariocas precisam da vitória fora de casa para retomar a quinta posição e manter caça ao Vasco

O Botafogo visita a Ponte Preta neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), em confronto válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro . O time carioca, que empatou com o Internacional por 1 a 1 na última quinta-feira, soma 38 pontos e tem como principal meta a classificação para a disputa da próxima Copa Libertadores da América. A tarefa neste domingo, porém, não será das mais tranquilas, já que a Ponte não perde há seis partidas e faz uma boa campanha, somando 32 pontos.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro 2012

O técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, entende que a conquista de uma vitória neste domingo pode representar um salto importante para a sua equipe na tabela de classificação. O treinador, embora não goste de falar abertamente, faz pequenas projeções de pontos para os próximos jogos e, neste cálculo, é muito importante pontuar bem no interior de São Paulo.

Na luta por vaga no G4, Oswaldo considera essencial um bom resultado em Campinas
Futura Press
Na luta por vaga no G4, Oswaldo considera essencial um bom resultado em Campinas


"Eu acredito que este seja um jogo em que a nossa equipe precise pontuar para poder dar sequência ao que estamos planejando, em termos de Campeonato Brasileiro. A Ponte Preta tem um time de qualidade e é muito forte jogando em casa, mas queremos recuperar contra ela os pontos que perdemos no meio de semana para o Internacional, dentro do Engenhão", disse Oswaldo.

Para este compromisso, o Botafogo não poderá contar com o meia Elkeson, que vinha atuando de maneira isolada no ataque. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Inter e terá que cumprir suspensão. Assim, o uruguaio Lodeiro será adiantado para o setor, mesmo com o retorno do atacante Rafael Marques, recuperado de lesão no tornozelo esquerdo. Isto porque Oswaldo dificilmente vai colocar de início um atleta que não joga há mais de 20 dias.

A grande dúvida está no aproveitamento ou não do craque do time, o meia holandês Clarence Seedorf, preservado contra os gaúchos por conta de uma contratura muscular na coxa esquerda. Caso ele fique de fora, Cidinho deve ganhar a oportunidade de começar jogando, principalmente depois de ter entrado bem no time contra os gaúchos, quando anotou o gol botafoguense.

Pelo lado da Ponte Preta, existe o otimismo na conquista de um bom resultado. Na visão do técnico Gilson Kleina, os jogos dentro de casa são fundamentais para a sequência do bom desempenho na competição.

"A Ponte Preta vem fazendo uma campanha, que, hoje, nos deixa tranquilos em relação a vários aspectos. Mas isto só está sendo possível por conta de vitórias importantes que estamos conseguindo conquistar em Campinas, fazendo com que os bons resultados como visitante sejam mais valorizados. Contra o Botafogo, será mais uma pedreira, mas temos condições de ganhar", disse Kleina.

O treinador, mais uma vez, não poderá contar com o atacante Giancarlo, que continua vetado pelo departamento médico, recuperando-se de um edema na coxa esquerda. Com isto, Roger permanecerá entre os titulares, com a equipe não tendo mudanças em relação à formação que empatou com o Corinthians.

FICHA TÉCNICA -  PONTE PRETA X BOTAFOGO

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP) 
Data: 16 de setembro de 2012, domingo 
Horário: 18h30 (de Brasília) 
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA) 
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Kléber Lúcio Gil (SC) 

PONTE PRETA: Édson Bastos; Tiago Alves, Ferron e Diego Sacoman; Cicinho, Baraka, Renê Júnior, Marcinho e Uendel; Nikão e Roger
Técnico: Gilson Kleina

BOTAFOGO: Jéfferson; Lucas, Fábio Ferreira, Dória e Márcio Azevedo; Jadson, Gabriel, Fellype Gabriel, Andrezinho e Seedorf (Cidinho); Lodeiro
Técnico: Oswaldo de Oliveira