Tamanho do texto

Com pouco público em São José dos Campos, Guará derrotou o desesperado time de Bragança Paulista

Desesperados na briga contra o rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro, os paulistas Guaratinguetá e Bragantino fizeram um jogo fraco tecnicamente para apenas 208 pagantes no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. O único destaque da partida fica para o atacante Alemão, que balançou as redes mais uma vez, deu assistência e definiu a vitória do Guará por 2 a 0.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Em sua 11ª partida como titular, Alemão chegou a dez gols no torneio e lidera o time ao lado do meia Leandrinho na luta contra a degola. Nos minutos finais, o lateral esquerdo Renato Peixe aproveitou passe de Alemão para ampliar a vantagem do Tricolor do Vale.

Com 28 pontos ganhos, o Guará torce por um empate entre CRB e ABC neste sábado para poder, na rodada seguinte, ter chances de deixar a zona do rebaixamento. Por outro lado, o time de Bragança Paulista caminha a passos largos para a Série C, com apenas 18 pontos.

Na próxima rodada, a 26ª da competição nacional, o Guaratinguetá viaja para Florianópolis, onde encara o Avaí às 21 horas (de Brasília) de sexta-feira, na Ressacada. No mesmo dia, mas às 21 horas, o ASA recebe o América-RN no Coaracy da Mata Fonseca.

O jogo -  Com um público minúsculo nas arquibancadas do Martins Pereira, as duas equipes pouco criaram e a partida se arrastou até os 30 minutos sem nenhuma chance real. O primeiro jogador a levar perigo foi da Garça: o meia Leandrinho, que limpou a marcação e bateu por cima do gol de Gilvan.

Instantes depois, Leandrinho voltou a aparecer e acabou sendo derrubado na grande área por Moisés, que foi punido com o cartão amarelo. Confiante e vivendo boa fase, o camisa 9 Alemão bateu com força no meio do gol e venceu Gilvan para inaugurar o marcador.

Na reta final da primeira etapa, o Bragantino chegou ao ataque com perigo pela primeira vez. O atacante Cesinha bateu escanteio e achou o experiente zagueiro André Astorga, que obedeceu o figurino e cabeceou para o chão, levando muito perigo para o goleiro Saulo.

No segundo tempo, Leandrinho incomodou mais uma vez e serviu o lateral Leandro Silva, que cruzou para Jonatas Belusso. O meia cabeceou e Gilvan praticou boa defesa. Mais uma vez o Massa Bruta demorou a assustar e teve de contar com a colaboração de Saulo, que quase deixou a bola escapar para dentro do próprio gol.

O Bragantino assustou de novo e quase buscou o empate em chute forte do polivalente Léo Jaime, defendido por Saulo em dois tempos. Aos 45 minutos, Alemão mudou de função e acertou belo passe para o lateral esquerdo Renato Peixe tirar do goleiro e definir a vitória por 2 a 0, que deixa o Guará otimista na briga contra a degola.