Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Grêmio bate o Náutico e mantém perseguição aos líderes no Brasileiro

Diante de 27 mil torcedores no Olímpico, a equipe gaúcha derrotou o Náutico por 2 a 0 com dificuldades e se firmou na terceira posição do Nacional

Gazeta |

O Grêmio não jogou bem, mas obteve uma importante vitória nesta quinta-feira. Diante de 27 mil torcedores, a equipe gaúcha bateu o Náutico por 2 a 0, no Olímpico, gols de Marco Antônio e Kléber. O resultado leva o time do Sul a 47 pontos . Com isso, o time se firma na terceira posição e se mantém na perseguição aos líderes Fluminense, que tem 53, e Atlético-MG, com 51.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Náutico chegou a Porto Alegre decidido a conquistar um empate. A equipe pernambucana resguardou-se na defesa e tirou as alternativas do Grêmio, que criou poucas chances no primeiro tempo, devido à falta de espaço. Na etapa final, o técnico Vanderlei Luxemburgo abriu o time em busca dos três pontos, e teve premiada sua ousadia com os três pontos.

Veja fotos dos jogos desta quinta-feira:

O Grêmio mantém a 3ª colocação no Campeonato Brasileiro e está tranquilo dentro da zona da Libertadores, com nove pontos de vantagem sobre o Botafogo, 5º colocado e primeiro time fora do G-4. No domingo, o time do Rio Grande do Sul visita o Flamengo. Já o Náutico estacionou nos 28, caindo para o 14º lugar. Domingo, o alvirrubro recebe o vice-líder Atlético-MG, nos Aflitos.

O jogo - Contra um Náutico retraído, o Grêmio sentiu falta da criatividade de Zé Roberto. A equipe de Vanderlei Luxemburgo teve grandes dificuldades no primeiro tempo. A maioria das chances ocorreu em chutes de média distância.

Leia mais: Demitido, Felipão encerra 2ª passagem com um título e R$ 20 milhões no bolso

O time gaúcho encontrou alguns espaços mais para o final da primeira etapa. Aos 32, Elano cobrou falta lateral e Souza pegou de primeira, acertando o travessão de Gideão. Aos 38, Fernando matou no peito e acertou um lindo sem-pulo, que levou muito perigo.

Veja ainda: Inter abre o placar, mas Botafogo busca empate no Engenhão

Para o segundo tempo, Luxemburgo trocou o Grêmio em duas posições, para tentar torná-lo mais agressivo: saíram Fernando e Marquinhos, entraram Marco Antônio e Leandro. E logo em sua primeira chegada, Leandro já chegou chutando com muito perigo, aos três minutos, quase abrindo o placar. O Náutico respondeu aos 10: Elicarlos deixou Souza na cara do gol, mas o volante errou o domínio e deixou a bola de graça para Marcelo Grohe.

Confira ainda: A classificação do Campeonato Brasileiro

Aos 15, o Grêmio saiu do sufoco: Marco Antônio arriscou de muito longe, a cerca de 40 metros de distância, e a bola foi no cantinho, sem tanta força, mas bem colocada. Gideão saltou atrasado e não alcançou: 1 a 0, para delírio dos 27 mil gremistas presentes. Com a vantagem, Luxemburgo retomou o esquema com dois atacantes: retirou Marcelo Moreno e colocou Léo Gago na marcação, ao lado de Souza. Já Alexandre Gallo fez duas mexidas: tirou Souza e Lúcio para colocar Kim e João Paulo.

Em seu primeiro lance, Léo Gago quase fez o segundo do Grêmio: Leandro invadiu a área do Náutico aos 28, a zaga afastou e o volante pegou de primeira, na veia, obrigando Gideão a ótima defesa, de tapinha. Aos 34, Kléber escapou pela esquerda e cruzou rasteiro. A bola cruzou a extensão de grande área e Pará chegou batendo de primeira. Gideão espalmou para escanteio.

O Grêmio seguiu melhor. Aos 37, Kléber foi derrubado por Alemão na meia-lua. Elano cobrou e Gideão mergulhou para espalmar. No finzinho do jogo, aos 47, após boa troca de passes, Elano fez o corta-luz e Kléber chutou rasteiro da entrada da área, fazendo o segundo do Grêmio.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 x 0 NÁUTICO

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 13 de setembro de 2012, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Luiz Antônio Muniz de Oliveira (RJ)
Público: 27.178 (17.932 pagantes)
Renda: R$ 339.631,50
Cartão amarelo: Fernando (Grêmio); Jean Rolt, Patric e Josa (Náutico)

Gols: GRÊMIO: Marco Antônio, aos 15, e Kléber, aos 47 minutos do segundo tempo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando (Marco Antônio), Souza, Elano e Marquinhos (Leandro); Kléber e Marcelo Moreno (Léo Gago).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

NÁUTICO: Gideão; Patric, Alemão, Jean Rolt e Douglas Santos; Elicarlos, Souza (João Paulo), Martinez (Josa) e Lúcio (Kim); Rhayner e Rogério.
Técnico: Alexandre Gallo

Leia tudo sobre: GrêmioNaúticoBrasileirão 2012futebolMarco AntônioKléber

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG