Patrícia Amorim tem sido alvo de críticas da torcida por causa da má fase do time, que vem de quatro derrotas seguidas no Brasileirão

Vágner Love, atacante do Flamengo
Gazeta Press
Vágner Love, atacante do Flamengo

A presidente do Flamengo , Patrícia Amorim, tem sido alvo de críticas da torcida por causa da má fase pela qual o time atravessa no Campeonato Brasileiro . Nesta sexta-feira, ela contou recebeu demonstração de apoio do atacante Vágner Love, que saiu em defesa da mandatária do clube.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"A Patrícia não entra em campo, não joga, nós é que temos que tirar a equipe desta situação", disse Love. "Ela é uma pessoa honesta, que trabalha pelo clube. Outros ruins passaram por aqui e não me lembro de terem pedido impeachment . Não sei se fazem isso porque ela é mulher. Só sei que é minha amiga e só estou aqui por causa dela", completou o atacante.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Derrotado nas últimas quatro rodadas do Brasileirão, o Flamengo se aproximou da zona do rebaixamento. Estacionado nos 27 pontos, o time caiu para a 16ª posição da tabela de classificação. Para espantar a má fase e o risco de cair para a segunda divisão, os jogadores esperam iniciar a reação contra o Grêmio neste domingo, no Engenhão, e veem o apoio da torcida como um importante aliado nessa missão.

Leia também: Lesionados, Welinton e Mattheus desfalcam o Flamengo contra o Grêmio

"A torcida do Flamengo é diferente das outras e por isso precisamos muito do apoio dela ao nosso lado neste momento de dificuldade", afirmou o meia Ibson. "Ela pode sim fazer a diferença a nosso favor e queremos um grande público contra o Grêmio. A situação é complicada e isso nos obriga a fazer a lição de casa. Estamos trabalhando a cabeça e é preciso manter a tranqüilidade", concluiu.

Entre para a torcida virtual do Flamengo

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.