Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Sem jogar desde maio, Polga chega com vontade de garoto ao Corinthians

O experiente zagueiro foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava

Gazeta |

Futura Press
Anderson Polga está treinando no Corinthians desde o último dia 6

Depois de uma semana de treinos no Corinthians, o zagueiro Anderson Polga foi apresentado oficialmente com a camisa do clube nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava. Com contrato apenas até o fim do ano, o defensor recebeu a camisa alvinegra das mãos do diretor adjunto de futebol, Duílio Monteiro Alves, e garante ter a motivação igual do início de carreira.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Falei para o pessoal no vestiário que volto com a mesma vontade de quando comecei no profissional no Grêmio. Eu me considero um excelente profissional, tranquilo e em condições de jogar. Quero atuar normalmente, esta é minha determinação do momento", afirmou.

Aos 33 anos, Anderson Polga retorna ao Brasil depois de oito temporadas no Sporting, de Lisboa. O contrato com o clube europeu terminou em junho, mas o atleta não disputa uma partida oficial desde 20 de maio, na final da Taça de Portugal. Por isso, o reforço ainda não sabe quando estará à disposição de Tite.

Leia mais:  Palmeiras não vence o Corinthians no Pacaembu há 17 anos

"Estou fazendo os treinamentos mais intensivos. Depois do trabalho com o grupo, faço um adicional mais forte, para chegar ao nível dos meus colegas e não sentir tanto. Trabalho desta forma para estar melhor quando entrar", ponderou.

Apesar do longo tempo fora dos jogos, Polga assegura que conseguiu manter seu condicionamento físico, pois sabia que poderia ser contratado por um clube brasileiro a qualquer momento.

Veja também:  Paulinho treina com bola e deve reforçar o Corinthians no clássico

"Meu contrato com o Sporting acabou dia 31 de junho, mas não parei e sempre continuei treinando, mantendo a forma, porque recebia contatos. Agora, penso só no dia a dia do Corinthians", afirmou, sem garantir presença no clássico de domingo, contra o Palmeiras. "É uma questão do treinador. Acho muito cedo para falar sobre isso".

Polga não se arrisca a estipular um jogo para estrear pelo Corinthians. "É difícil determinar datas, mas trabalho para que seja o mais rápido possível", concluiu.

Leia tudo sobre: corinthiansanderson polgabrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG