Com 27 pontos após a derrota para o Santos na Vila Belmiro, a equipe do Flamengo é a última fora da zona de rebaixamento

Amargando a pior fase no Campeonato Brasileiro, o Flamengo se aproximou perigosamente da parte mais baixa da tabela ao ser derrotado pelo Santos , por 2 a 0, na quarta. O treinador da equipe Dorival Júnior já fala em brigar contra o fantasma do rebaixamento.

Flamengo pode cair nesta temporada? Deixe seu comentário

"Nesse momento é natural (lutar para não entrar no Z-4). Temos que ser coerentes e realistas. Equipe já jogou bem mais do que nesse momento", admitiu o técnico, que não repetiu uma escalação desde que chegou ao clube.

Veja fotos dos jogos de quarta-feira pelo Brasileirão


"É uma equipe em transição que tem sofrido com muitas alterações de rodada para rodada. A sorte não tem se voltado para o nosso lado", disse.

Contra o Santos, Dorival não pôde contar com Aírton e Renato, lesionados, e Marcos González e Víctor Cáceres, convocados para suas seleções. Esses desfalques são o principal motivo da irregularidade da equipe.

Leia também:  Flamengo busca acerto com Cléber Santana e Renato, do Avaí

"Estamos com dificuldades dentro do nosso próprio elenco. Com jogadores fora nas seleções, e Renato, que vem fazendo falta num momento inoportuno, caímos de produção", apontou.

Segundo o treinador, a equipe precisa treinar para formar um conjunto e ter seus atletas recuperados. Com 27 pontos, a equipe da Gávea é a última fora da zona de rebaixamento.

Veja a classificação do Campeonato Brasileiro

"É um momento que o Flamengo passa. Precisamos ter a consciência de que precisamos melhorar, mudar. Todos aqueles pontos que tínhamos, agora, nos deixam em uma situação desconfortável", sentenciou o comandante rubro-negro.

No domingo, a equipe recebe o Grêmio, no Engenhão, com a missão de dar fim à sequência de seis jogos sem vencer.

Entre para a torcida virtual do Flamengo e convide seus amigos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.