Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Presidente do São Caetano descarta liberar Emerson Leão para o Palmeiras

Após demissão de Luiz Felipe Scolari, nome do técnico foi cogitado nos bastidores do Palestra Itália

iG São Paulo | - Atualizada às

Após a c onfirmação da saída do técnico Luiz Felipe Scolari , o Palmeiras busca um novo treinador para a sequência do Campeonato Brasileiro . O nome de Emerson Leão – considerado um especialista em dar choques em elencos – surge como um forte candidato, mas o São Caetano , atual clube de Leão, já anunciou que não pretende liberar o comandante.

Leão seria um bom nome para assumir o Palmeiras? Opine!

Divulgação
Leão tem multa para deixar o São Caetano

“O Leão esteve aqui em 2006, justamente no ano em que caímos, e saiu para o Corinthians, nós o liberamos. Foi um ano muito ruim, e agora estamos focados para voltar à Série A, o investimento foi em cima do Leão, não queremos que ele saia agora. Lógico que os valores de equipes grandes são maravilhosos, mas os contratos serão cumpridos, existe multa”, afirmou Nairo Ferreira, presidente do clube do ABC Paulista, em entrevista à rádio "Estadão/ESPN".

VEJA:  Demitido, Felipão encerra 2ª passagem com um título e R$ 20 milhões no bolso

Na Série B do Campeonato Brasileiro , o São Caetano ocupa a quinta colocação, com 43 pontos. O time paulista está atrás do Atlético-PR, primeiro integrante do G4 que subiria neste momento à primeira divisão, somente pelo número de vitórias.

MAIS:  Palmeiras não vence o Corinthians no Pacaembu há 17 anos

Confiante, o mandatário do São Caetano confia que Leão está engajado no projeto de retorno do clube à Série A do Campeonato Brasileiro. O treinador chegou a citar em sua apresentação no ABC uma dívida por ter deixado a equipe: “Eu falaria que o Leão diria não caso receba uma oferta ao Palmeiras. Sinto a firmeza, o Leão veio aqui determinado com nosso projeto”, completou Nairo Ferreira.

LEIA: Torcedor esnoba desembarque do Palmeiras após nova derrota

Felipão deixa o Palestra Itália com 52,47% de aproveitamento em sua segunda passagem. Ao todo, foram 66 vitórias, 46 empates e 43 derrotas em 155 jogos (Murtosa comandou o time nove vezes). O péssimo aproveitamento de 27,78% na atual edição do Brasileiro, porém, motivou a saída do treinador. Após o revés de quarta, o Palmeiras foi parar na vice-lanterna do torneio, e agora está a sete pontos de escapar da zona da degola: tem 20 pontos, contra 27 do Flamengo , 16º colocado.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua Torcida Virtual do iG Esporte

Leia tudo sobre: PalmeirasSão CaetanoEmerson Leão

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG