Expulso ainda no primeiro tempo, lateral do São Paulo disse que escorregou na tentativa de tirar a bola de Leandro Donizete

Depois de todos os companheiros de São Paulo e o técnico Ney Franco saírem em sua defesa pela expulsão que consideraram injusta, Douglas não se esquivou do assunto no retorno do time paulista de Belo Horizonte - palco de mais uma derrota - e reforçou a versão de que o carrinho que acertou Leandro Donizete foi sem querer.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não tive a mínima intenção de dar carrinho, acabei escorregando. Até então era minha segunda falta. Fui expulso e agora não tenho nada o que fazer, já foi", disse o lateral direito.

Leia mais: Atlético-MG supera São Paulo e segue na cola do Fluminense

Douglas foi expulso aos 28 minutos do primeiro tempo
Vipcomm
Douglas foi expulso aos 28 minutos do primeiro tempo

Ainda na capital mineira, os jogadores tiveram opiniões distintas quanto à importância do cartão vermelho para o resultado final da partida - antes da expulsão, aos 28 minutos do primeiro tempo, o placar ainda estava empatado sem gols.

Veja mais: Desfalque em Belo Horizonte, Luis Fabiano pode enfrentar Portuguesa

Para o meia-atacante Lucas, acompanhando discurso de Ney Franco, ter atuado com um jogador a menos foi determinante. "Sem dúvida nenhuma, faz muita diferença. Foi uma expulsão injusta, na minha opinião. Mas acontece, foi um jogo muito complicado", comentou o camisa 7, no retorno a São Paulo.

Confira ainda: São Paulo tem que vencer dois próximos jogos para sonhar com G4, diz técnico

Além de Douglas, o time também perdeu Paulo Miranda para o jogo de sábado, contra a Portuguesa, no Morumbi. O zagueiro vinha sendo justamente opção para o lado direito quando o lateral de ofício não podia jogar. Sem ambos, o técnico Ney Franco deve improvisar outro jogador, pois tem receio de lançar o jovem Lucas Farias, de 18 anos.

Leia mais: Derrota “decepcionante” irrita Rogério Ceni, que evita criticar time

"O professor tem suas opções, espero que faça o melhor em prol da equipe. Independentemente de quem estiver entrando, que faça o melhor para ajudar a equipe", comentou Douglas, que tem como possíveis substitutos Wellington, Rodrigo Caio ou João Filipe.

Apesar dos desfalques, a equipe pode contar com o retorno do zagueiro Rhodolfo e do atacante Luis Fabiano, que foram baixas no meio de semana por motivos médicos e serão reavaliados.

* Com Gazeta

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.