Tamanho do texto

Atacante do Corinthians, que já tem histórico de provocar os rivais palmeirenses, ficou fora por 7 jogos, mas deve ser titular no dérbi paulistano

Jorge Henrique é conhecido pela fama de provocador
AE
Jorge Henrique é conhecido pela fama de provocador

Conhecido por provocar as torcidas rivais e desestabilizar os defensores com firulas na linha de fundo, o atacante Jorge Henrique poderá ser a principal arma utilizada pelo técnico Tite no clássico que o Corinthians terá neste domingo, contra o Palmeiras, no Pacaembu. Após retornar ao time depois de sete jogos fora, o jogador acredita que tem condições de iniciar o dérbi paulistano como titular e espera contribuir para afunda o rival na tabela.

Leia também:  Para zagueiro, situação do Palmeiras no Brasileirão ainda não é "dramática"

"É mais um clássico. Nós temos que pensar apenas em vencer para dar um gás no campeonato", declarou o atacante corintiano. "Mas tem um gosto especial dificultar a situação deles, sim. Não vou mentir. A rivalidade entre as duas equipes é grande e vamos fazer de tudo para que eles fiquem um pouco mais na zona do rebaixamento."

E ainda: Após nova derrota e protestos contra Felipão, meia sai em defesa do técnico

A contusão que afastou Jorge Henrique das últimas sete partidas do Corinthians foi de ordem muscular. O atleta reclamou de dores na coxa direita após a vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, no dia 12 de agosto, e precisou ser submetido a um tratamento intensivo para conseguir reforçar a equipe neste Campeonato Brasileiro.

Seu retorno ocorreu ao longo da segunda etapa da partida desta quarta-feira, contra a Ponte Preta, no Pacaembu. O técnico Tite optou por sacar Douglas do meio-campo e colocou o veloz atleta para duelar com os truculentos defensores da Macaca. "Senti um pouco de receio, sim. É normal ficar assim depois de voltar de uma contusão. Mas foi um bom jogo, mais puxado e pegado, e tenho que trabalhar para voltar bem no domingo."

Confira ainda: Tite mostra estudo sobre árbitros e reclama de pênalti não marcado

Se Emerson não receber uma punição no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta sexta-feira, Jorge Henrique poderá reforçar o Timão no lugar de Romarinho. Caso contrário, a tendência é que Tite avalie novas opções para armar o setor ofensivo. Para esta rodada, o treinador terá à sua disposição o argentino Martínez, que retorna de suspensão, e o peruano Paolo Guerrero, que servia a seleção de seu país nas Eliminatórias para a Copa.