Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

São Caetano humilha o América-MG no Independência e cola no G4

Em Belo Horizonte, a equipe do técnico Emerson Leão goleou o adversário mineiro por 5 a 2

Gazeta |

América-MG e São Caetano fizeram um duelo bastante movimentado nesta terça-feira, no estádio Independência, que terminou com a vitória de goleada do São Caetano por 5 a 2, deixando os americanos mais distantes do G4. Com o revés, o América-MG completou sete partidas sem conseguir impor o mando de campo e permaneceu estacionado nos 37 pontos, contra 43 dos paulistas.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo lateral Fabinho, que aproveitou bobeada da defesa do América-MG. Pará empatou para o Coelho com uma bela jogada individual, Éder recolocou o Azulão em vantagem e Alessandro voltou a empatar. No segundo tempo Marcelo Costa marcou duas vezes e Somália deu números finais para a partida. O jogo ainda ficou alguns minutos paralisado devido a um apagão interno na iluminação do Independência.

Confira a classificação da Série B

Na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, o América-MG terá novo compromisso no Independência, encarando o Avaí, na próxima sexta-feira, quando vai tentar a reabilitação. No mesmo dia, o São Caetano vai visitar o América-RN.

Futura Press
Lance da goleada do São Caetano sobre o América-MG


O jogo

América-MG e São Caetano entraram em campo sem chances de chegar ao G4 nesta rodada, mas as duas equipes miram o grupo dos quatro primeiros da Série B nos próximos jogos, o que garantiu um duelo equilibrado, com mineiros e paulistas buscando a vitória. Aos sete minutos, Marcelo Costa recebeu com liberdade dentro da área e tentou um passe, permitindo que a defesa americana aliviasse o perigo.

Azulão e Coelho abusaram dos arremates de média e longa distância, buscando surpreender o adversário. Aos 12, Leandro Ferreira quase conseguiu abrir o marcador dessa forma, mas o goleiro Luiz estava bem colocado e evitou o tento americano. Aos 17, a zaga do Coelho titubeou com o lateral Boiadeiro, que perdeu a bola para Fabinho, que mandou um petardo contra a meta de Neneca, que não conseguiu a defesa, permitindo a abertura dos trabalhos no Independência.

Após o gol, os visitantes ficaram mais à vontade no estádio do Horto, ditando as regras do jogo contra um América-MG acuado, que errou passes em excessos dificultando as tramas ofensivas. Sentindo o momento ruim do Coelho na partida, o técnico Mauro Fernandes tentou na base do grito orientar seus comandados.

A bronca surtiu efeito aos 25, com o lateral Pará fazendo uma bela jogada individual, deixando vários marcadores para trás e empatando o jogo. A resposta do Azulão veio no minuto seguinte, com um excelente chute de canhota do meia Éder, sem chances para o arqueiro americano, recolocando o São Caetano em vantagem no marcador.

Aos 30, o volante Agenor tentou cruzamento e a bola desviou em Augusto Recife, enganando o goleiro Luiz, que foi salvo pela trave direita. Logo após o lance, a iluminação do Independência teve um queda, e o árbitro goiano Elmo Alves Resende Cunha paralisou o jogo. Quando a partida recomeçou, Pará foi à linha de fundo e cruzou na medida para Alessandro, que só teve o trabalho de rolar paras redes deixando tudo igual no marcador.

Na volta para etapa complementar, os dois times continuaram com posturas ofensivas e alternando boas chances de marcar. Aos dois minutos, a equipe do ABCD Paulista quase chegou ao gol com Marcelo Costa, que foi travado na hora do arremate. Aos seis minutos, Alessandro desviou cobrança de falta de Geovanni e obrigou o goleiro Luiz a fazer boa intervenção.

O São Caetano apostou na posse de bola para chegar ao terceiro gol, enquanto os americanos preferiram a velocidade de Adeílson, que entrou na vaga de Fábio Júnior. A estratégia adotada pelo time de Emerson Leão foi mais eficiente, e aos 19, Marcelo Costa aproveitou nova falha da zaga do Coelho, e depois de roubada de bola, tocou por cobertura na saída de Neneca para anotar um belo gol.

A vida dos donos da casa ficou complicada de vez quando o volante Dudu segurou o avante Somália dentro da área e o árbitro marcou pênalti para o Azulão. Marcelo Costa cobrou com categoria, deslocando Neneca e ampliando o marcador em favor do São Caetano. Aos 32, novo pênalti para os visitantes em cima de Somália. O próprio atacante fez a cobrança e transformou o resultado em goleada em favor do time do técnico Leão.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 2 X 5 SÃO CAETANO

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 11 de setembro de 2012 (terça-feira)
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Márcia Lopes Caetano (RO) e João Patrício de Araújo (GO)
Cartões amarelos: (América-MG) Gabriel, Adeílson (São Caetano) Augusto Recife, Marcone

Gols:
América-MG: Pará, aos 25 e Alessandro aos 51 minutos do primeiro tempo
São Caetano: Fabinho, aos 17 e Éder, aos 26 minutos do primeiro tempo; Marcelo Costa, aos 19 e aos 26 e Somália aos 33 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: Neneca; Boiadeiro, Gabriel, Everton Luiz e Pará; Agenor, Dudu, Leandro Ferreira (Júnior Timbó) e Geovanni (Gilberto); Alessandro e Fábio Júnior (Adeílson)
Técnico:Mauro Fernandes

SÃO CAETANO: Luiz; Samuel Xavier (Marcone), Eli Sabiá, Wagner e Fabinho; Augusto Recife, Moradei, Éder (Jaime Bustamante) e Marcelo Costa; Danielzinho e Leandrão (Somália)
Técnico: Emerson Leão

Leia tudo sobre: São CaetanoAmérica-MGBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG