Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Guarani vence lanterna Barueri e mantém vivo sonho do acesso

Com gol de Fernando, marcado aos 18 minutos da etapa inicial, o time de Campinas venceu a partida por 1 a 0

Gazeta | - Atualizada às

Ainda sonhando com o G4 da competição, o Guarani recebeu o Barueri no Brinco de Ouro, nesta terça, e fez a lição de casa. Com gol de Fernando, marcado aos 18 minutos da etapa inicial, o alviverde campineiro administrou bem o resultado de 1 a 0 e garantiu os três pontos sobre o lanterna da competição.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Em sua primeira partida como treinador da equipe de Barueri, Roberto Cavalo barrou quatro das principais contratações da equipe para a Série B do Campeonato Brasileiro. Medalhões, Marcelinho Paraíba, Val Baiano, Alê e André Luis sequer viajaram com a delegação do time para Campinas.

Confira a classificação da Série B

Apostando em escalação completamente diferente da derrota por 6 a 0 para o Atlético- PR, o treinador não obteve o resultado desejado e viu o Grêmio-SP seguir na lanterna da competição, com apenas 13 pontos. Já o Guarani chega aos 34 pontos na competição, na 11ª colocação, diminuindo em um a diferença para o quarto colocado da tabela – atualmente o Atlético-PR.

Futura Press
Guarani e Barueri jogaram no Brinco de Ouro da Princesa

O jogo

Logo aos 2 minutos, Schwenck recebeu belo lançamento de Fumagalli, invadiu a área e bateu em cima do goleiro Rafael, que mandou para escanteio. Na cobrança, Fernando resvalou de cabeça e novamente Schwenck, quase embaixo da trave, escorou para trás, perdendo um gol incrível.

Sem conseguir responder às seguidas investidas do Guarani, o Grêmio-SP respondeu em cobrança de falta de Anderson Sales, aos 8. Bem postado, Emerson não teve dificuldades para fazer a defesa.

Após o começo fulminante, o jogo esfriou e voltou a ter um lance de perigo apenas aos 18 minutos. Após cruzamento de Marcelinho, Rodrigo Arroz tentou o domínio com o peito e acabou ajeitando a bola para Rafael Chorão. Livre, o meia chutou forte e a bola foi por cima do gol, sem perigo.

Dois minutos mais tarde, foi a vez do Guarani voltar a chegar ao gol do Grêmio-SP. Após cruzamento de Rafael Oliveira, Schwenck dominou no peito e, de esquerda, emendou o chute. Bem colocado, Rafael fez ótima defesa e mandou para escanteio. Na cobrança, Fernando apareceu livre entre a zaga e, de peixinho, cabeceou firme para abrir o placar no Brinco de Ouro.

O gol acomodou o Guarani, que passou a trocar passes no meio campo e chegar com menos frequência à área adversária. Aos 28, Dionísio arriscou chute de longa distância e a bola passou raspando no travessão bugrino, assustando o goleiro Emerson pela primeira vez na partida.

Dois minutos mais tarde, Rafael Chorão recebeu cruzamento de Alex Santos, ganhou de Oziel no alto, mas cabeceou mal, à direita do gol do Guarani. Após os dois bons momentos da equipe de Barueri, o Guarani voltou a chegar ao gol do Grêmio-SP, aos 37. Recebendo bom passe na esquerda, Rafael Oliveira fez bela jogada individual e rolou para Fumagalli. De costas para o gol, o meia girou e armou o chute, amortecido pela zaga antes de morrer na linha de fundo.

Aos 44, Fernando recebeu cruzamento semelhante ao de seu gol e cabeceou forte. A bola sobrou com Fumagalli, que armava o cruzamento quando o árbitro Leandro Bizzio Marinho assinalou falta fora do lance de Schwenck, no último bom momento da primeira etapa.

Com duas alterações no setor ofensivo – Rodrigo Pontes deu lugar a Thiago Elias e Henrique Dias a Magrão –, o Grêmio-SP voltou melhor nos primeiros minutos da segunda etapa. Tomando a iniciativa pela primeira vez na partida, o time chegou à área do Guarani em dois cruzamentos bem defendidos por Emerson.

Em um deles, aos 4 minutos, o goleiro bugrino acionou Rafael Oliveira no contra-ataque. Veloz, o atacante driblou dois zagueiros e, quase sem ângulo, emendou o chute de esquerda, para a fácil defesa de Rafael. Três minutos mais tarde, Marcelinho recebeu belo passe e, marcado por três defensores do Guarani, girou bem e conseguiu a finalização. O chute, porém, saiu fraco, facilitando a defesa de Emerson.

Após a pressão inicial exercida pelo Grêmio-SP, o Guarani voltou a trocar passes e mandar no meio-campo e, com tranquilidade, passou a administrar o resultado sem chegar com muito perigo ao gol da equipe de Barueri. Os donos da casa voltaram a finalizar apenas aos 25, quando Danilo Sacramento recebeu livre e chutou para a defesa de Rafael, no meio do gol.

No minuto segundo, a melhor chance do Grêmio-SP na segunda etapa. Após cruzamento de Roger, Magrão dominou no peito e, no meio de três marcadores, girou bem. Bem colocado, Emerson fez a defesa. Aos 30, foi a vez do Bugre responder. Após cobrança de falta de Danilo Sacramento, Fernando escorou de cabeça e obrigou Rafael a fazer bela defesa, evitando o segundo gol do zagueiro na partida.

A bola parada passou a ser a principal arma dos times na partida. Aos 32, Anderson Sales cruzou e a zaga afastou parcialmente. Na sobra, Dênis emendou uma bela bicicleta, mas a bola passou sem perigo à esquerda do gol de Emerson. Sabendo que uma derrota o deixaria ainda mais próximo da Série C do Campeonato Brasileiro, o Grêmio-SP partiu para o tudo ou nada nos minutos finais da partida. Sem qualidade, porém, as investidas do time de Barueri esbarraram na bem postada zaga do Guarani.

Na última grande chance do jogo, Tadeu recebeu cruzamento de Roger e cabeceou firme. Sem deixar a bola pingar, Emerson saltou para encaixar a bola e garantir os três pontos que manteviram o Bugre na luta para aproximar-se da zona de acesso à primeira divisão.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 1 X 0 GRÊMIO-SP

Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Data: 11 de setembro de 2012 (sábado)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Alberto Poletto Masseira (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartões amarelos: Danilo Sacramento e Fernando (Guarani); Dionísio e Douglas Marques (Grêmio-SP)

Gol: Fernando, aos 21 minutos do primeiro tempo

GUARANI: Emerson; Oziel, Fernando, Rodrigo Arroz e Alex Barros; Jackson, Fábio Bahia, Danilo Sacramento e Fumagalli (Medina); Rafael Oliveira (Rafael Costa) e Schwenck
Técnico: Osvaldo Alvarez

GRÊMIO-SP: Rafael; Alex Santos, Dênis, Anderson Ales e Márcio Pit; Douglas Marques, Dionísio, Rodrigo Pontes (Thiago Elias) e Rafael Chorão (Roger Gaúcho); Marcelinho e Henrique Dias (Magrão)
Técnico: Roberto Cavalo

Leia tudo sobre: GuaraniSérie B 2012BarueriPrudente

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG