Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Fábio Santos vislumbra chance de ser reserva de Marcelo na Copa

Lateral corintiano vê segunda vaga da posição aberta na seleção brasileira

Gazeta |

Futura Press
Fábio Santos terá uma chance contra a Argentina na seleção de Mano Menezes

A convocação para defender a seleção brasileira contra a Argentina é a chance que Fábio Santos esperava para tentar buscar um espaço no elenco que disputará a próxima Copa do Mundo. Prestes a completar 27 anos, o jogador do Corinthians acredita que o único em vantagem na posição é Marcelo e, por isso, almeja se tornar o reserva do atleta do Real Madrid.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Hoje, vejo o Marcelo como o principal jogador da posição, mas há ainda Adriano, Alex Sandro, Carlinhos... Terei a oportunidade de mostrar meu trabalho ao Mano mais de perto. Acho que esta segunda vaga está aberta ainda e quero manter a regularidade, porque falta muito tempo para o Mundial", afirmou.

Leia mais: Fábio Santos emplaca 17º jogo seguido no Corinthians e ignora cansaço

O corintiano foi chamado para o primeiro jogo do Superclássico das Américas, dia 19, em Goiânia. Em uma convocação que engloba apenas atletas que atuam no futebol brasileiro, o outro lateral esquerdo escolhido por Mano é Carlinhos, do Fluminense. Quando pode relacionar jogadores de clubes europeus, o treinador costuma dar a condição de titular a Marcelo.

Veja também: Corinthians vai quebrar recorde histórico de arrecadação no Brasil

Titular em todos os jogos do Corinthians na conquista do título da Libertadores, Fábio Santos acredita ter como trunfo o poder de marcação, que aprimorou antes de chegar ao time.

E ainda: Corinthians tenta esquecer o Palmeiras em duelo contra a Ponte Preta

"Os laterais do futebol brasileiro têm a cultura de avançar mais, poucos conseguem priorizar a marcação. Aprendi a fazer essa função com o Paulo Autuori. Depois, segui da mesma forma com a escola gaúcha no Grêmio. No Corinthians, procuramos dar suporte ao pessoal da frente, fazendo marcação bem feita e acertando o maior número possível de passes", ponderou.

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG