Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Uruguai só empata com o Equador em casa pelas eliminatórias

Seleção celeste precisava da vitória para se recuperar, mas não conseguiu superar a perigosa seleção equatoriana

EFE |

EFE

EFE
O uruguaio Diego Lugano fica na marcação de Benítez, do Equador

Uruguai e Equador empataram por 1 a 1 na noite desta terça-feira, no estádio Centenário, em Montevidéu, pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa 2014. O resultado não foi bom para os donos da casa, que vinham de derrota por goleada na Colômbia e precisavam de uma vitória para melhorar a posição na tabela.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Com o empate, o Equador se manteve na terceira posição, com 13 pontos, mesmo número da líder Argentina, que ainda joga hoje, e da segunda colocada, a Colômbia. Já a 'Celeste', que venceu apenas uma de suas últimas quatro partidas pelas Eliminatórias, tem um ponto a menos e está em quarto lugar.

As emoções começaram logo aos sete minutos do primeiro tempo, quando Caicedo foi derrubado por Lugano dentro da área. O próprio atacante cobrou o pênalti com perfeição, abrindo o placar para os equatorianos. O Uruguai teve a chance de empatar aos 43 minutos, em jogada individual de Luis Suárez, que tirou dos zagueiros e chutou no travessão. No entanto, os equatorianos também tiveram a possibilidade de ampliar dois minutos depois, em contra-ataque puxado por Valencia, que tabelou com Christian Benítez e bateu para boa defesa de Fernando Muslera.

Leia ainda: Colômbia vira para cima do Chile fora de casa

Na etapa final, o Equador teve um pênalti não marcado aos 15 minutos, numa jogada em que Muslera derrubou Benítez em contra-ataque dos visitantes. A resposta veio aos 17, em bate-rebate na área equatoriana, a bola sobrou limpa para Suárez, que bateu sem marcação à esquerda da meta, desperdiçando a oportunidade do empate. Aos 21, o Uruguai empatou com Edinson 'El Matador' Cavani, que aproveitou uma jogada iniciada na esquerda e bateu no canto, sem chances para o goleiro adversário.

A partida ficou aberta, e as duas equipes estiveram muito perto do segundo gol, mas brilharam os dois goleiros. Aos 41, Benítez recebeu livre na área o passe de Ibarra e, de frente para o gol, chutou em cima de Muslera. A resposta uruguaia aconteceu um minuto depois. Após o cruzamento da esquerda, a zaga não conseguiu afastar o perigo, e Suárez cabeceou livre. Domínguez voou no canto esquerdo, se esticou todo e salvou a seleção visitante.

Leia tudo sobre: UruguaiEquadoreliminatórias copa 2014

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG