Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Vascaínos reconhecem apatia contra Bahia e Juninho apoia Cristóvão

Apesar de atuar em casa, a equipe carioca não conseguiu se impor dentro de campo e acabou goleada pelo rival

Gazeta |

Derrotado pelo Bahia por 4 a 0 neste domingo, em São Januário, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, o Vasco teve desempenho decepcionante diante do time comandado por Jorginho. Apesar de atuar em casa, a equipe carioca não conseguiu se impor dentro de campo e acabou goleada pelo rival. Com isto, o volante Nilton reconheceu que as vaias da torcida cruzmaltina foram justas.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“A equipe não jogou nada. Tentamos alguma reação, mas não conseguimos. Eles vieram com o propósito de atuar fechado e sair no contra-ataque. Fizeram os gols nos nossos erros. Fomos muito apáticos”, disse. “O torcedor está no direito dele. Pagou, veio assistir um espetáculo e, infelizmente, viu o time ser derrotado por um placar elástico”, completou.

Já o meio-campista Juninho Pernambucano, capitão do time carioca, mostrou apoio ao treinador Cristóvão Borges, que foi criticado pela torcida durante o confronto com o Bahia. Na visão do atleta, uma mudança no comando técnico da equipe não resultaria em grandes alterações para a sequência da competição nacional.

Leia mais:  Bahia confirma reação e atropela o Vasco em pleno São Januário

“Acho que não é a solução. O Cristóvão é treinador do Vasco desde agosto do ano passado, e não acho que o técnico que possa chegar, com três meses de competição, vai aumentar o nível de atuação que a torcida espera. O Cristóvão vem fazendo um grande trabalho. Saímos, hoje, com uma derrota, então é normal que o torcedor pressione.

Veja fotos dos jogos deste domingo:


Leia tudo sobre: VascoJuninhoBrasileirão 2012Cristóvão Borges

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG