Tamanho do texto

Estação será aberta apenas para usuários dos trens da CPTM. Quem for de metrô descerá uma estação antes

Maquete que prevê como ficará a região do estádio do Corinthians após o fim das obras na região
Divulgação
Maquete que prevê como ficará a região do estádio do Corinthians após o fim das obras na região

Durante o anúncio das obras de infraestrutura da região de Itaquera para a Copa de 2014 , nesta segunda-feira, confirmou-se que os torcedores que decidirem ir de metrô aos jogos no estádio não poderão descer na estação Corinthians – Itaquera, a mais próxima da Arena que receberá o jogo de abertura do Mundial e outras cinco partidas do torneio, entre elas uma semifinal.

Obras de R$ 450 milhões no entorno do estádio corintiano começam nesta quarta

A estação, que fica a menos de 100 metros do terreno onde o estádio está sendo construído, recebe também trens da CPTM e para não inflar o local com todos os torcedores que decidirem usar o transporte público para acompanhar os jogos, aqueles que utilizarem o metrô terão de descer na estação Artur Alvim, uma antes da estação de Itaquera, a 800 metros.

Plano de SP para Copa 2014 privilegia transporte público e quer evitar carros

Para descer na porta do estádio e andar menos de 100 metros até o local será preciso usar a lnha 11 – Coral da CPTM, que sai da Luz e tem duas estações antes de chegar à estação Corinthians – Itaquera.

“A estação não será fechada, tem que separar os públicos. O metrô não será fechado, é uma operação para você concentrar público em uma estação e outro público em outra estação, esse é o sentido. Pode ser utilizado durante os jogos, mas a ideia é que uma torcida desça em uma estação, não utilize o trem e nem o metrô, mas essas operações são feitas na cidade de São Paulo. A ideia é fazê-lo com torcidas diferentes, uma torcida sai por uma estação e outra por outro”, disse Gilmar Tadeu, secretário especial do Estado de São Paulo para a Copa, já pensando também nos clássicos em que o Corinthians for mandante e receber palmeirenses, são-paulinos e santistas.

Alguns dos principais estádios do mundo têm estações de metrô próximas às suas entradas e a proximidade da arena do Corinthians às estações da linha vermelha do metrô de São Paulo foi um dos atrativos que levaram o clube e o governo estadual a investirem no local para receber os jogos da Copa na cidade.