O treinador apelou para substituições no intervalo, com as entradas de Escudeiro e Leonardo nas vagas de Leandro Donizete e Danilinho

O técnico Cuca considera que o Palmeiras deu muito trabalho ao Atlético-MG, apesar do resultado de  3 a 0 , neste domingo, em Belo Horizonte. O comandante do time mineiro acredita, contudo, que as alterações e mudanças táticas em sua equipe foram decisivas para superar um jogo truncado no estádio Independência, válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Entendemos que se continuássemos com a forma de jogar do primeiro tempo não faríamos o gol. No segundo tempo, o time encaixou, criamos duas chances rapidamente e depois fizemos o gol com o Leonardo Silva. Aí o jogo muda", explicou o treinador.

Cuca apelou para substituições na volta do intervalo, com as entradas de Escudeiro e Leonardo nos lugares de Leandro Donizete e Danilinho. Ainda por cima, modificou o posicionamento do veloz Guilherme no ataque. A partir daí, a defesa do Palmeiras sofreu com o Atlético-MG.

Leia mais:  Atlético-MG mantém caça ao Fluminense e afunda o Palmeiras

"No primeiro tempo, o jogo estava muito difícil, o Palmeiras tem uma bola parada perigosa, a velocidade do Obina, o talento do Tiago Real, a saída dos laterais, o João Vitor. Gostei muito do time deles, acho que vão sair do rebaixamento", opinou Cuca.

O triunfo no estádio Independência traz a volta da tranquilidade ao Atlético-MG, que ganhou pela primeira vez no segundo turno do Campeonato Brasileiro. Diante do Palmeiras, o time mineiro acabou com uma série de quatro rodadas sem um resultado positivo.

Veja também:  Bernard exalta esforço para entrar em campo e brilhar com dois gols

"É uma vitória que devemos comemorar muito, eram quatro jogos sem vencer, cria aquela desconfiança de dentro para fora e de fora para dentro. Vamos torcer para que as coisas se encaixem", encerrou Cuca, que já pensa no confronto de quarta-feira contra o São Paulo, novamente no Independência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.