Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Jogadores do Grêmio lamentam apagão que custou derrota para o Corinthians

Time gaúcho sofreu dois gols nos 10 minutos iniciais e não conseguiu se recuperar no jogo

Gazeta |

Com dois gols sofridos nos primeiros dez minutos, o diagnóstico é inevitável: o mau começo de jogo atrapalhou os planos do Grêmio de chegar à liderança do Campeonato Brasileiro neste sábado. A avaliação dos jogadores é que a derrota por 3 a 1 para o Corinthians passou essencialmente pelo apagão da equipe no início da partida, ao contrário da vitória sobre o Atlético-GO, na última quarta, quando o Tricolor fez 2 a 0 em 19 minutos.

Leia também: Corinthians faz dois em 10 minutos e impede Grêmio de assumir a liderança

"A gente começou mal e acabamos pagando o preço. Tomamos dois gols, um em cima do outro. Tentamos reverter o resultado no segundo tempo, mas eles se fecharam, e esse é o jogo do Corinthians", avaliou o goleiro Marcelo Grohe. "Demoramos a nos encontrar no jogo. Em 10 minutos de vacilo, demos espaços e levamos dois gols. Mas não faltou empenho de ninguém", explica o meia Marco Antônio.

O volante Fernando lembrou que o Grêmio vinha há cinco jogos invicto no Campeonato Brasileiro, e considera o tropeço normal no panorama da competição: "a gente sabia que uma hora a derrota seria inevitável, mas é claro que a gente nunca quer perder. Começamos um pouco desligados, conseguimos melhorar, mas não foi o suficiente", lamentou.

O experiente zagueiro Gilberto Silva negou que a equipe tenha jogado ansiosa para assumir a liderança. Para o pentacampeão, a derrota para o Timão não passou por isso: "sabíamos que chegaríamos à liderança se vencêssemos, mas ainda tem muito jogo para ser jogado no campeonato. O importante hoje era fazer um bom resultado aqui. Não conseguimos. Agora, dentro de casa, temos que fazer a nossa parte", ressaltou, lembrando a partida da próxima quinta-feira, contra o Náutico, no Olímpico.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG