Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Felipe eleva o tom e diz que Flamengo precisa de "atitude de homem" para reagir

Time carioca não vence há cinco jogos e começa a se aproximar da zona de rebaixamento

Gazeta |

A derrota por 3 a 0 para o Coritiba afundou de vez o Flamengo no Campeonato Brasileiro . Cada vez mais próximo da zona de rebaixamento - pode ficar apenas quatro pontos acima, ao final da rodada -, o goleiro Felipe deixou o gramado do Couto Pereira cobrando atitude dos companheiros.

"Três, quatro jogos atrás, a gente estava jogando bem, e esse mesmo elenco teve uma queda brusca. A gente sai envergonhado, triste, o torcedor vai cobrar. Mas a gente tem que ver quem é homem nessa hora", disse.

"Não adianta querer culpar ninguém agora, está todo mundo no mesmo barco. Temos 16 jogos para sair dessa situação. Estamos perto (da zona de rebaixamento), nossa realidade é essa. Agora é a gente se fechar ainda mais e treinar", ponderou o arqueiro flamenguista.

O último triunfo do Flamengo na competição nacional foi em 19 de agosto, no clássico contra o Vasco. De lá para cá, empatou com Botafogo e Sport e perdeu para Internacional e Ponte Preta antes de ser derrotado também neste sábado pelo Coritiba.

O próximo compromisso da equipe carioca será na quarta-feira, diante do Santos, na Vila Belmiro. Preocupado com a possibilidade de queda para a segunda divisão, Felipe pediu que a torcida apoie o time em busca de uma rápida reação.

"Não teria nem que pedir para o torcedor, mas, neste momento complicado, se o torcedor abandonar o time, já era", comentou o dono da meta rubro-negra, vazada neste sábado uma vez no primeiro tempo e duas no retorno do intervalo.

Leia tudo sobre: felipeflamengobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG