Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Bahia confirma reação e atropela o Vasco em pleno São Januário: 4 a 0

Com dois gols de Souza e outros dois de Jones Carioca, o time de Salvador goleou o adversário do Rio de Janeiro por 4 a 0

Gazeta | - Atualizada às

O Bahia confirmou a reação no Campeonato Brasileiro e goleou por 4 a 0 o Vasco, neste domingo, em São Januário. Com dois gols de Souza e outros dois de Jones Carioca, os baianos chegaram a 27 pontos e terminam a rodada na 14ª colocação. Já os cruzmaltinos seguem com 39 e veem a posição no G4 da competição ser ameaçada pelo Botafogo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Mesmo atuando fora de casa, os visitantes foram melhores durante praticamente os 90 minutos. o Bahia só abriu o placar aos 40 minutos com Souza, aproveitando contra-ataque. Na etapa final, novamente se fazendo valer das jogadas rápidas, Jones Carioca marcou duas vezes e viu Souza fazer outro para dar números finais ao confronto. A torcida do Vasco hostilizou muito o técnico Cristovão Borges e pediu sua saída do comando do time.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Na próxima rodada, o Bahia vai até a Ilha do Retiro para encarar o Sport, na quarta-feira. No mesmo dia, o Vasco vai receber o Palmeiras em São Januário para tentar se manter na zona de classificação para a Libertadores.

Futura Press
Souza foi o grande destaque da partida


O jogo

 A partida começou em ritmo lento, com as duas equipes mais preocupadas com a marcação. Com isso, os goleiros não trabalharam nos primeiros minutos. O Vasco, muito modificado por conta dos desfalques, não conseguia criar boas jogadas no ataque. Já o Bahia tinha mais posse de bola, mas pecava nos passes no setor ofensivo. Os visitantes tiveram boaoportunidade aos 18 minutos quando Souza lançou Zé Roberto, mas Fernando Prass se antecipou e tirou o perigo. 

Os donos da casa chegaram a equilibrar o confronto, mas viu o Bahia assustar aos 28 minutos. Jones Carioca foi lançado dentro da área e finalizou cruzado na saída de Fernando Prass, mas a bola passou por toda pequena área e ficou para a zaga cruzmaltina. A resposta do Vasco veio em seguida quando Alecsandro aproveitou cruzamento na área e cabeceou por cima do travessão de Marcelo Lomba. .

Depois dos lances, a partida ganhou em movimentação, com os dois times buscando o ataque. Melhor armado em campo, foi o Bahia que abriu o placar aos 40 minutos. Em contra-ataque rápido, Jones Carioca chegou na linha de fundo e cruzou para Souza, que só teve o trabalho de cabecear para a rede. Após o gol, o Vasco ainda tentou pressionar nos minutos finais, mas foi para o intervalo em desvantagem. .

Na etapa final, o Bahia não ficou recuado e começou pressionando o Vasco em seu campo. Não demorou muito para os visitantes ampliarem o marcador em São Januário. Logo com quatro minutos, Zé Roberto chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro. Jones Carioca precisou finalizar duas vezes para colocar a bola para a rede. .

Futura Press
Souza comemora após marcar o gol

Mesmo depois do gol, o Bahia seguiu melhor em campo e não deixava o Vasco criar boas chances no ataque. O Bahia aproveitou os espaços deixados pelos cruzmaltinos na defesa para fazer o terceiro gol, aos 12 minutos. Em mais um contra-ataque, Souza lançou Jones Carioca, que passou pelo goleiro Fernando Prass e tocou para a rede. .

O novo revés acabou com a paciência da torcida resente em São Januário. Os cruzmaltinos hostilizaram o técnico Cristovão Borges e gritavam olé durante a troca de passes do Bahia. Com isso, a equipe ficou nervosa em campo e continuavam errando muito em campo. .

O Bahia diminuiu o ritmo e viu o Vasco melhorar e quase diminuir o placar aos 21 minutos. Juninho Pernambucano achou Tenório dentro da área, mas o atacante finalizou por cima do travessão de Marcelo Lomba. No entanto, três minutos depois, foram os visitantes que marcaram mais uma vez. Hélder tocou para Souza que, sozinho, chutou na saída de Fernando Prass. .

A situação do Vasco só piorava no jogo e aos 28 minutos a equipe carioca ficou com um homem a menos quando o lateral direito Jonas foi expulso. O jogador acertou um tapa no rosto de Jussandro. .

A partir dai, a partida voltou a ficar sendo disputada em ritmo lento. O Vasco avanaçava pouco ao ataque e ainda via o Bahia rondar a área. No entanto, nenhuma novam chance de gol foi criada e as equipes apenas esperaram o apito final do árbitro.

Veja fotos das partidas deste domingo:


FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 4 BAHIA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 9 de setembro de 2012 (Domingo)
Horário: 18h30(de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Danilo Manis (SP)
Renda: R$ 165.680,00
Público: 7.802 pagantes
Cartões amarelos: Douglas (Vasco); Fahel (Bahia)
Cartão vermelho: Jonas (Vasco)
GOLS: BAHIA: Souza, aos 40min do primeiro tempo e 24min do segundo tempo; Jones Carioca, aos 4 e 12min do segundo tempo

VASCO: Fernando Prass, Jonas, Douglas, Luan e Fabrício; Nilton, Fellipe Bastos, Juninho Pernambucano e Jhon Cley (Tenório); Éder Luís (Eduardo Costa) e Alecsandro
Técnico: Cristovão Borges

BAHIA: Marcelo Lomba, Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel (Kleberson), Diones, Hélder, Zé Roberto (Mancini); Jones Carioca (Elias) e Souza
Técnico: Jorginho

Leia tudo sobre: BahiaVascoBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG