Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

São Paulo deixa G4 após chegada de Ney Franco e distância para o líder triplica

Em 12 jogos no comando da equipe no Campeonato Brasileiro, o treinador conquistou seis vitórias, dois empates e seis derrotas

iG São Paulo * |

O técnico Ney Franco já disse algumas vezes que o São Paulo não está fora da luta pelo título brasileiro. No entanto, após o treinador assumir o cargo, na metade de julho, o desempenho do clube do Morumbi caiu bastante em comparação ao dos demais concorrentes.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Vipcomm
Ney Franco não realiza um grande trabalho no comando do São Paulo

"Não existe ansiedade. Existe uma noção clara do potencial do grupo, de estar trabalhando em uma posição melhor no campeonato. Peguei essa equipe em quinto lugar, e ela permanece em quinto", diz o treinador, confundindo-se.

Leia mais:  Luis Fabiano faz mais duas partidas antes de nova pausa no São Paulo

Na realidade, quando o interino Milton Cruz passou o comando, o clube do Morumbi ocupava a quarta colocação do Brasileiro, com 15 pontos, quatro abaixo do ponteiro Atlético-MG. Já na estreia de Ney Franco, o São Paulo empatou por 1 a 1 com o Palmeiras e caiu um degrau na tabela de classificação.

A queda de rendimento se comprova pela distância atual para a ponta: a equipe paulista está 12 pontos abaixo do Fluminense - distância que pode aumentar até para 13 caso o Atlético-MG vença o compromisso que tem a menos. A antiga diferença de quatro pontos para a liderança é agora a diferença para o quarto colocado Vasco.

Veja também:  Casemiro e Ademilson se juntam a Cícero como alternativa para Maicon

Foram seis vitórias, seis derrotas e dois empates s ob a direção de Ney Franco na  competição nacional. Um aproveitamento de 47,6% dos pontos que, ele reconhece, não era o imaginado no começo do trabalho.

"Já queria ter dado um salto", admite o comandante, valorizando, em contrapartida, outro ponto de vista. "A equipe já evoluiu nos planos técnico e físico. Queremos ver essa evolução na prática, em termos de número, embora seja um campeonato difícil. Na Sul-americana, a gente já se classificou para a próxima fase".

Confira ainda:  Ceni completa 22 anos de São Paulo, mas sem muito motivo para festa

O sucessor de Emerson Leão não esconde que precisará reagir nesta segunda metade do Brasileiro até para conseguir uma vaga na Copa Libertadores. "O G4 pode virar G3", disse Ney Franco, lembrando que, se outro time brasileiro for campeão da Sul-americana, o Brasileiro classificará apenas três times para a próxima edição do principal torneio continental. Atualmente, o São Paulo está nove pontos atrás do terceiro posto, ocupado pelo Grêmio.

Entre para a torcida virtual do São Paulo:

* com Gazeta

Leia tudo sobre: ney francosão paulobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG