Apesar de bastante elogiado pelos companheiros e pelo comandante da atividade, o jovem atacante seguirá na reserva

O atacante Willian José foi o grande destaque do treino técnico na manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda. Com seis gols, o reserva do São Paulo foi o diferencial para a virada sobre o time adversário, comandado por Luis Fabiano, que deixou o gramado insatisfeito.

VEJA: Rogério Ceni completa 22 anos de São Paulo, mas sem muito motivo para festa

Willian José, atacante do São Paulo
Vipcomm
Willian José, atacante do São Paulo

No início da atividade, Luis Fabiano distribuiu bom humor. O camisa 9 brincou com membros da comissão técnica, o zagueiro João Filipe, o meia argentino Cañete e o atacante Osvaldo, que será seu companheiro diante do Santos, no clássico de domingo, na Vila Belmiro.

O intuito do treino era impor velocidade, mas o assistente técnico Éder Bastos o transformou em disputa. Rapidamente a equipe de Luis Fabiano abriu quatro gols de vantagem. Incentivado pelo auxiliar, porém, o time adversário reagiu, e Willian José balançou a rede três vezes.

E MAIS:  Poupado após entorse, Cícero volta a treinar com bola no São Paulo

Mais um gol de cada lado, e, em seguida, Willian José empatou. "Demos chocolate para nada. Para deixar os caras empatarem", irritou-se Luis Fabiano, após o apito de Éder encerrando o trabalho. Diante de reclamação, o assistente aceitou acrescer dez minutos para desempate.

Luis Fabiano (duas vezes) e Ademilson marcaram no retorno ao gramado, porém Osvaldo (duas vezes) e Denilson igualaram o placar. Éder então avisou que o gol seguinte definiria o vencedor. Após veloz troca de passes no meio-campo, Willian José saiu na cara do goleiro e definiu a virada. "Esperou virarem de novo?", perguntou o camisa 9 ao assistente.

Apesar de bastante elogiado pelos companheiros e pelo comandante da atividade, Willian José seguirá na reserva. O técnico Ney Franco confirmou que o substituto do meia-atacante Lucas, que está a serviço da Seleção Brasileira, será Osvaldo pela segunda partida seguida. A única vaga em aberto é a do suspenso Maicon - Cícero é, no momento, o favorito a substituí-lo.

São Paulo e Santos se enfrentam às 16 horas (de Brasília) de domingo, na Vila Belmiro. O time tricolor ocupa a quinta posição do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos ganhos, quatro abaixo da zona que garante classificação para a Copa Libertadores.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.