Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Criticado pelo deputado Romário, Hulk polemiza e elogia apenas o ex-jogador

Ex-atacante, deputado disse que venda de Hulk foi patrocinada por cartel dentro da seleção

Bruno Winckler , iG São Paulo |

Herói da vitória do Brasil sobre a África do Sul nesta sexta-feira, o atacante Hulk tentou não comentar uma denúncia do deputado federal Romário, mas acabou alimentando a polêmica promovida pelo ex-jogador. Romário disse  há um cartel na seleção e que a negociação de Hulk com o Zenit fez esse grupo lucrar. 

Leia também:  Romário critica convocação de Mano Menezes e pede auditoria na CBF

"Não falo do Romário. Do jogador eu falo. É um grande jogador e é um dos meus ídolos no futebol". Depois de os repórteres insistirem com perguntas sobre o deputado, Hulk repetiu suas ponderações. "Ele foi um dos meus ídolos no futebol"

Hulk fez seu primeiro jogo pela seleção no país e voltou a jogar em gramados brasileiros depois de oito anos. Ele havia jogado apenas alguns minutos pelo Vitória em 2004. Depois jogou no futebol japonês antes de brilhar no Porto. "Estou feliz por estrear com a seleção no meu pais e com um gol. Saí muito novo daqui, joguei poucos minutos e agora estou feliz por ser reconhecido", disse Hulk.

Leia tudo sobre: seleção brasileiraromáriohulk

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG