Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Sem camisa 1, Mano vê amistosos como chance definitiva de apontar novo titular

Diego Alves terá dois jogos. Jefferson e Cássio outros dois para mostrar serviço ao treinador

Bruno Winckler , iG São Paulo | - Atualizada às

Futura Press
Cássio treina com a seleção no Morumbi, mas não deve ser o titular contra a África do Sul

Com 12 goleiros convocados desde o início do seu trabalho na seleção brasileira, Mano Menezes dá como prazo final para a definição do goleiro titular de sua equipe a segunda partida contra a Argentina em outubro. Até lá, nas quatro partidas que o time disputar, dará chance a Diego Alves nas partidas contra África do Sul e China, dias 7 de 10 de setembro, e a Jefferson, nos jogos contra a Argentina dias 19 de setembro e 3 de outubro.

Leia também:  Com 12 convocados, Zetti diz que seleção está sem referência no gol

“Cabe a mim direcionar nos próximos compromissos da seleção (quem vai ser o titular). É posição delicada em que não se troca a todo momento. A seleção vem se acostumando a ter grandes goleiros por períodos longos e sempre que acontece é uma substituição é mais complicado”, disse Mano Menezes.

Por jogar no Valencia, Diego já está fora dos amistosos contra a Argentina, quando apenas jogadores que atuam no país serão convocados. Assim, Jefferson, o goleiro mais convocado por Mano desde que assumiu (12 vezes), terá nova oportunidade de mostrar serviço.

“Vão ser dois jogos agora (para Diego Alves) e depois numa situação limitadora chamando três goleiros do país para encaminhar uma decisão mais objetiva”, disse Mano. Além de Jefferson, Mano convocou Cássio para os amistosos contra África do Sul e China. Na segunda-feira, após os jogos contra a seleção asiática, a lista com os “brasileiros” será divulgada para os jogos contra a Argentina.

Diego Alves está confiante em desempenhar bom papel nos dois próximos jogos. “É o que a gente espera quando é convocado. Preparado eu estou e espero ir bem para consolidar meu nome nas convocações”. Jefferson e Cássio, reservas neste momento, esperam que os treinos os jogos contra a Argentina sejam suficientes para mostrar a Mano que podem ser os donos da camisa 1.

Veja os 12 goleiros já convocados por Mano Menezes

“É normal ter essas mudanças e todos têm de ser testados”, disse o goleiro do Botafogo. O corintiano, convocado pela primeira vez, só quer continuar na lista. “Posso não jogar, mas só de estar no grupo é sinal de que meu trabalho no clube está sendo bem feito”, disse Cássio.

Leia tudo sobre: seleção brasileira

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG