Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Ney Franco vê falta de tranquilidade em empate "com sabor de derrota"

Para o treinador do São Paulo, tropeços em casa no torneio acabam pesando a longo prazo

iG São Paulo |

Mesmo enfrentando um concorrente direto na disputa pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro, o técnico Ney Franco sentiu sabor de derrota com o empate do São Paulo por 1 a 1 contra o Internacional . Os motivos: a falta de tranquilidade para converter a pressão com um jogador a mais em finalizações e a perda de pontos em casa.

E MAIS:  Luis Fabiano critica falta de criatividade do São Paulo contra o Inter

Vipcomm
São Paulo e Inter fizeram um jogo equilibrado no Morumbi

"Principalmente na fase final do jogo faltou tranquilidade para trabalhar melhor a bola para finalizar ao gol. Nos 20 minutos finais do jogo tivemos a posse de bola, encurralamos o Inter na defesa, mas não conseguimos achar espaço para colocar um atacante na cara do gol", analisou o comandante tricolor.

CONFIRA: CT que recebe a seleção já rendeu cerca de R$ 200 milhões ao São Paulo

Para o treinador, tropeços em casa acabam pesando a longo prazo. "Saímos com sentimento de derrota do jogo. Tenho falado que o mando de campo pesa muito nesse campeonato e estamos pagando caro por perder pontos em casa. Agora é ter competência para tentar recuperar os pontos perdidos hoje nos jogos fora de casa diante de Santos e Atlético-MG", comentou.

VOCÊ VIU?  Semp Toshiba vai pagar R$ 53 milhões para patrocinar o São Paulo até 2014

Há dois meses no comando do Tricolor Paulista, Ney Franco mantém o time na mesma posição: a quinta. Apesar disso, o treinador segue confiando na disputa pelo título. "Não jogo a toalha para o título, temos muitas rodadas pela frente. O trabalho está sendo desenvolvido visando o primeiro lugar, ainda aposto no título e espero colocar o São Paulo no lugar devido: na disputa pela ponta", garantiu.

O São Paulo soma 35 pontos na quinta posição do Campeonato Brasileiro, quatro a menos do que o Vasco, último time do G4. Agora, o Tricolor Paulista enfrenta dois adversários complicados fora de casa: após o clássico paulista contra o Santos no domingo, às 16 horas (de Brasília), a equipe encara o líder Atlético-MG na quarta-feira, às 22 horas (de Brasília).

Leia tudo sobre: são pauloney francobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG