Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Sem Juninho e Dedé, Vasco tenta embalar no Brasileiro diante do Náutico

Equipe carioca ocupa a 4ª posição, com 38 pontos, e tenta encostar de vez nos líderes do Brasileirão

Gazeta |

Depois de quebrar um jejum de cinco jogos sem vitórias e derrotar a Portuguesa por 2 a 0, o Vasco tenta embalar no Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), quando visita o Náutico, nos Aflitos, no Recife, pela 22ª rodada. O time carioca fecha a zona de classificação para a próxima Copa Libertadores da América, na quarta posição, com 38 pontos, e pretende encostar no pelotão de frente. Já os pernambucanos, que querem se recuperar da derrota de 3 a 0 para o Cruzeiro, aparecem na décima colocação, com 27 pontos.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Juninho Pernambucano será desfalque do Vasco contra o Náutico

O técnico do Vasco, Cristóvão Borges, conversou com seus comandados sobre a importância deles derrotarem o Náutico para começarem a recuperar os pontos que foram perdidos durante o pequeno jejum de vitórias. Ele entende que apenas desta maneira os cariocas conseguirão se aproximar do pelotão de frente.

Leia mais:  Dedé contém euforia após vitória do Vasco sobre a Lusa

"Nós acabamos tendo a diferença para os líderes aumentada por conta da série de partidas que não ganhamos. No Campeonato Brasileiro de pontos corridos, infelizmente, uma sequência ruim tem péssimas consequências na tabela de classificação, mas não será apenas o Vasco que vai ter problemas e nós queremos agora recuperar alguns pontos que não poderíamos ter perdido", afirmou Cristóvão. Mas os jogadores vascaínos têm a consciência de que não será nada fácil derrotar o Náutico nesta partida, pois eles se lembraram do bom desempenho dos pernambucanos como anfitriões.

"Será uma partida muito complicada pois o time do Náutico cresce muito quando joga dentro de casa. Eles partem para cima e querem resolver o resultado. Vamos precisar impedir esta correria para impor o nosso estilo de jogo. O respeito do adversário é muito grande, mas temos potencial para ganhar no Recife", disse o volante Wendel.

Confira ainda:  Após fim da janela e venda de craques, valor de elencos da Série A cai R$ 110 mi

Para este jogo o meia Juninho Pernambucano, com dores na coxa direita, foi vetado e fica de fora. Felipe, que seria o substituto, também é desfalque, por sentir dores no joelho esquerdo. Com isto, Fellipe Bastos assume o posto. No ataque, Cristóvão tem uma dúvida de ordem técnica: Éder Luís, recuperado de lesão na coxa esquerda, voltou a ficar à disposição e disputa com o equatoriano Tenorio. Na zaga, Dedé, servindo à seleção brasileira, que disputa amistosos internacionais, cede a vaga para Fabrício.

Pelo lado do Náutico, o técnico Alexandre Gallo acredita que o seu grupo, derrotado pela Raposa na rodada passada, não vai abatido. De acordo com o treinador do Timbu, "o placar do revés foi mentiroso". Gallo pediu aos seus comandados que procurem se impor desde os primeiros momentos, sem deixar o rival se acostumar com a situação.

"O Vasco tem um time experiente, com jogadores inteligentes e acostumados a jogar em qualquer lugar. Portanto, seria infantilidade nossa acreditar que vamos ganhar apenas pelo fato de jogarmos em nossa casa. Temos é que impor o nosso ritmo desde o início e não deixar que o nosso adversário entenda a realidade da partida. Se o Vasco não conseguir fazer a leitura certa do confronto estaremos, dando um grande passo para ganharmos", analisou o comandante alvirrubro. O Náutico terá os reforços do volante Elicarlos, poupado contra o Cruzeiro, e do meia Rhayner, que cumpriu suspensão e reaparece na escalação. Eles entram nas vagas de Alemão e Dadá, respectivamente. O atacante Kieza, com lesão muscular na coxa esquerda, continua de fora.

No primeiro turno as duas equipes se enfrentaram em São Januário, no Rio de Janeiro. Os vascaínos ganharam por 4 a 2, com gols de Alecsandro, duas vezes, Felipe e Juninho Pernambucano. Martinez e Araújo descontaram.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO X VASCO

Local: Aflitos, no Recife (PE) 
Data: 5 de setembro de 2012, quarta-feira 
Horário: 19h30 (de Brasília) 
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS) 
Assistentes: Marcelo Barison e José Javel Silveira (ambos do RS) 

NÁUTICO: Gideão; Patric, Ronaldo Alves, Jean Rolt e Lúcio; Elicarlos, Rhayner, Martinez e Souza; João Paulo e Araújo
Técnico: Alexandre Gallo

VASCO: Fernando Prass; Jonas, Fabrício, Douglas e William Matheus; Nilton, Wendel, Fellipe Bastos e Carlos Alberto; Tenório e Alecsandro
Técnico: Cristóvão Borges

Leia tudo sobre: NáuticoVascobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG