Técnico escala Adriano e Rômulo em atividade que contou seis garotos do São Paulo

No segundo dia de treinos da seleção brasileira para o amistoso contra a África do Sul, sexta-feira, no Morumbi, Mano Menezes precisou recorrer à base do São Paulo para completar a atividade de campo no CT são-paulino em Cotia. Daniel Alves e Sandro, que já haviam sido poupados do treino de terça-feira, continuam fora e não devem atuar.

O lateral-direito tem dores musculares na coxa esquerda e o volante na panturrilha esquerda. Os dois só correram em volta do campo. Sem a dupla, Mano montou o time titular com Diego Alves; Adriano, David Luiz, Dedé e Marcelo; Ramires, Rômulo, Oscar e Lucas; Neymar e Leandro Damião.

O time reserva teve Jefferson; Alex Sandro, Réver, Arouca, Paulinho, Jonas e Hulk e quatro garotos da base do São Paulo: o zagueiro Lucas Possignolo, o lateral-direito Marcelo e os meias Régis e José Vitor.

Mano Menezes convocou 21 jogadores para os amistosos desta sexta-feira,e de segunda-feira, contra a China, em Recife, e sem dois atletas e um terceiro goleiro (Cássio), não teve outra opção a não ser usar jogadores da base para completar dois times.

Profissionais do São Paulo apontaram os garotos e alegaram bom comportamento e o merecimento para terem sido eles os escolhidos. O meia Flávio e o atacante Paulo, também da base do São Paulo, participaram do aquecimento com os jogadores da seleção.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.