Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Hernán Barcos faz primeiro trabalho com bola na seleção argentina

Atacante do Palmeiras treinou com a equipe em sua primeira convocação para a seleção argentina

Gazeta |

A torcida palmeirense ficou carente de seu principal atacante nas próximas três rodadas do Campeonato Brasileiro. Mas a euforia de Hernán Barcos na seleção argentina supera qualquer mágoa que poderia ser sentida pela ida do jogador ao time nacional. Nesta terça-feira, o atleta apareceu nos treinos com bola coordenados pelo técnico Alejandro Sabella e trabalhou pela primeira vez com atletas do calibre de Messi e Di María.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

AFP
Barcos treina com a seleção argentina antes do confronto diante do Paraguai


Ao lado dos seus novos companheiros, Barcos participou das atividades de finalização e aprimoramento do passe no meio-campo. A intenção de Sabella é fazer com que todos os atletas se conheçam o mais rápido possível e possam adquirir o entrosamento necessário para a partida desta sexta-feira, contra o Paraguai, em Buenos Aires.

Leia mais:  "Não tenho nada a ver com isso", diz Messi sobre tristeza de CR7

Entretanto, o torcedor palmeirense que quiser acompanhar a partida, válida pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, terá de ter paciência. O ‘Pirata’ dificilmente entrará em campo por muito tempo e deve ser opção para substituir os preferidos de Sabella no setor ofensivo. Caso o time jogue com apenas dois atacantes, Messi e Higuaín serão os escolhidos, enquanto Lavezzi poderá figurar em um esquema com três homens de frente. Além do jogo contra o Paraguai, a seleção argentina também medirá forças com o Peru, na próxima terça-feira, fora de casa. Os duelos deverão ser decisivos para que Barcos ganhe pontos com a comissão técnica e possa aparecer na lista dos convocados para o Superclássico das Américas. O torneio será disputado contra o Brasil e só poderá contar com atletas que atuam por times dos dois países.

Esta foi a primeira convocação do centroavante para a equipe nacional da Argentina e inviabiliza os planos que Barcos tinha de se naturalizar equatoriano. Com a sua presença nas Eliminatórias, o jogador não poderá ajudar o Palmeiras a se livrar da ameaça do rebaixamento nas próximas três rodadas do Brasileiro. Em seu lugar, o técnico Luiz Felipe Scolari deve promover a entrada de Obina no duelos contra Sport, Atlético-MG e Vasco.

Leia tudo sobre: Copa do Mundo 2014ArgentinaPalmeirasHernán Barcos

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG