Tamanho do texto

Gaúchos lutam pela ponta da competição, enquanto os goianienses brigam para sair da zona de rebaixamento

Um duelo de duas equipes em condições totalmente opostas na tabela do Campeonato Brasileiro ocorrerá nesta quarta-feira, no Estádio Olímpico, a partir das 20h30 (de Brasília). Em grande fase e com chances de terminar a rodada na liderança, o Grêmio recebe o Atlético-GO, que está afundado na zona de rebaixamento, seis pontos atrás do Coritiba, o primeiro que não cairia para a Série B de 2013.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O Grêmio não contará com o atacante Marcelo Moreno, que está servindo a seleção boliviana
undefined
O Grêmio não contará com o atacante Marcelo Moreno, que está servindo a seleção boliviana

A ordem no Olímpico é não dar chance para o azar. A última derrota da equipe na competição ocorreu em um jogo considerado fácil pela maioria: a Portuguesa, em casa (2 a 1). Antes disso, o Tricolor teve dificuldades para bater equipes como Sport e Bahia, também em Porto Alegre. Precavido das dificuldades e mobilizado para conquistar os três pontos, o Grêmio faz promoção de ingressos para ter o estádio lotado e encostar (ou até ultrapassar) nos líderes Atlético-MG e Fluminense.

Leia mais:  Grêmio entra na briga por Ganso, que recebe telefonema de Luxemburgo

A equipe gaúcha conquistou três vitórias e um empate nos últimos quatro jogos, e não sofreu gols em nenhuma destas partidas. Para o confronto desta quarta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem duas baixas e dois retornos importantes. As boas notícias são Gilberto Silva e Elano, que treinaram com bola normalmente nesta segunda-feira e voltam ao time, após desfalcarem o Grêmio nas partidas contra Vasco e Palmeiras.

Os problemas estão no ataque. Kléber, suspenso após a expulsão contra o Palmeiras, e Marcelo Moreno, convocado pela seleção da Bolívia, não poderão atuar contra o Dragão. O ataque deve ser composto por Leandro e André Lima, dois jogadores que vêm se notabilizando por entrarem bem no segundo tempo das partidas da equipe no BrasileirãoJá o Atlético-GO vem em profunda crise. A equipe venceu apenas um dos últimos oito jogos. Com 16 pontos (25 atrás do Grêmio), ocupa a penúltima colocação e está seis pontos atrás da saída da zona de rebaixamento. Após a derrota por 3 a 1 para a Ponte Preta, o técnico Jairo Araújo afirmou que a equipe não pode desistir de lutar contra a degola. A direção do clube já não tem o mesmo ânimo.

Confira ainda:  Grêmio faz promoção para lotar o Olímpico contra o Atlético-GO

"O Atlético-GO é um time que não pode errar mais, está com um perfil de rebaixado. Isso para nós é muito ruim, ninguém gosta, mas você percebe quando o time leva o gol, abaixa a cabeça, começa a se entregar", lamentou o diretor de futebol Adson Batista. "Se o grupo não tiver mais vontade ou mais disposição, vai pagar um preço altíssimo", avisou.

Ao menos, Jairo terá a volta de quatro jogadores para a partida em Porto Alegre. O volante Dodó e o zagueiro Gustavo, que estavam suspensos e não atuaram contra a Ponte, retornam à equipe. O atacante Ricardo Bueno e o zagueiro Reniê se recuperaram de lesão e também devem ir para o jogo. Marcos e Pituca, suspensos, não atuam na capital gaúcha.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 5 de setembro de 2012, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Ronan Marques da Rosa (SC)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Kléber Lúcio Gil (SC)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Leandro e André Lima.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gustavo, Reniê e Eron; Dodó, Marino, Ernanes e Danilinho; Wesley e Ricardo Bueno.
Técnico: Jairo Araújo