Sem poder contar com Montillo e Ceará, time mineiro entra em campo buscando a terceira vitória consecutiva no Brasileirão

Celso Roth, técnico do Cruzeiro
Futura Press
Celso Roth, técnico do Cruzeiro

O Cruzeiro recebe a visita do Botafogo nesta quarta-feira, pela 22ª rodada do Brasileirão, desfalcado do meia-atacante Montillo e do lateral-direito Ceará. O técnico Celso Roth, no entanto, minimiza as ausências e espera que o time mantenha a mesma postura das últimas partidas para sair de campo com a terceira vitória consecutiva.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Vamos ver se conseguimos manter esta nossa atitude e entrega para ver se a gente consegue superar um time tradicional e muito perigoso", declarou Roth. "O diferencial tem sido isso: atitude diferente, que espero que se mantenha no jogo desta quarta-feira. Temos que estar totalmente integrados. A cobrança aumenta e a expectativa com o torcedor também. Temos que ser melhores com nós mesmos", completou.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

No encontro do primeiro turno entre as equipes, o Cruzeiro venceu de virada por 3 a 2. Roth espera que o confronto desta quarta-feira seja igualmente disputado, apesar da série de desfalques do Botafogo, que inclui o goleiro Jefferson, o meia Lodeiroe o volante Renato.

"O Botafogo é um dos grandes do futebol brasileiro. É um clássico, independentemente de quem vá jogar. O Botafogo tem alguns problemas para montar o time, como todos estão tendo. No primeiro turno, o Botafogo fez 2 a 0 e dominou o primeiro tempo. Depois que fizemos modificações, nós viramos. Será difícil novamente. As dificuldades são enormes. O Botafogo é uma equipe de muita qualidade", comentou o treinador cruzeirense.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.