Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

"Não tenho nada a ver com isso", diz Messi sobre tristeza de CR7

Craque argentino concedeu entrevista coletiva nesta terça às vésperas da partida de sua seleção contra o Paraguai pelas Eliminatórias da Copa de 2014

iG São Paulo |

Após o português Cristiano Ronaldo ter dito no último domingo que está triste profissionalmente, sem explicar os motivos, várias possíveis razões foram especuladas, e uma delas poderia ser a falta de conquistas de prêmios individuais. Na última semana, o atacante do Real Madrid perdeu para o meia espanhol Andrés Iniesta a eleição de melhor jogador da Europa da última temporada pela Uefa.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

AFP
Messi diz que não tem nada a ver com a tristeza de CR7

Antes, ele foi derrotado três vezes pelo argentino Lionel Messi na disputa para ser o melhor do mundo. Em Buenos Aires para defender a seleção argentina nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, Messi foi perguntado pelos jornalistas sobre a tristeza de Cristiano e se mostrou bastante contrariado ao responder.

Leia mais:  Com proposta do PSG, Cristiano Ronaldo quer deixar Real: "Não me sinto querido"

"Quando ele declara alguma coisa, vocês vêm perguntar para mim, e vice-versa. É uma coisa que foi dita por ele, e eu não tenho nada a ver com isso", retrucou Messi após o treino comandado pelo técnico Alejandro Sabella.

Cristiano Ronaldo marcou dois gols na vitória por 3 a 0 do Real sobre o Granada, no último domingo, e não os comemorou. Em entrevista após a partida, o português se disse triste e revelou que dentro do clube algumas pessoas sabiam por quê, mas não quis apontar as razões.

Confira ainda:  Décimo salário do futebol, C. Ronaldo ganha menos que Conca, ex-Fluminense

Sobre a seleção argentina, o astro Lionel Messi também disse que a equipe precisa reconquistar seu torcedor depois de ter empatado em casa com a seleção boliviana, pela terceira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, em novembro.

Os argentinos se preparam para voltar a campo pela competição nesta sexta-feira, quando enfrentarão a seleção paraguaia, no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba. Segundo o craque do Barcelona, depois do tropeço contra os bolivianos, a seleção precisava "fazer uma mudança", o que segundo ele aconteceu na vitória por 2 a 1 sobre a Colômbia e na goleada por 4 a 0 em cima do Equador.

"Sabíamos que precisávamos contagiar as pessoas depois do jogo contra a Bolívia, por resultados e bom futebol, e conseguimos", destacou Messi, logo em seguida da sua chegada na concentração da seleção argentina, nesta sexta-feira.

Messi explicou que apesar de buscar se impor pelo bom futebol, a intenção primordial é sair de campo vencedor. "O importante é ganhar. Como mandantes não podemos deixar escapar pontos", explicou o capitão da seleção argentina. 

*Com EFE

Leia tudo sobre: messiargentinacristiano ronaldofutebol mundial

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG