Volante Toró e mais nove jogadores vão treinar separados do grupo principal, mas diretoria evita falar em desligamento definitivo

Márcio Goiano tem missão difícil no Figueirense
Divulgação
Márcio Goiano tem missão difícil no Figueirense

O Figueirense anunciou nesta segunda-feira o afastamento de dez jogadores do elenco. De início, a diretoria informa que tais atletas podem voltar a ser utilizados, mas sabe-se que estão disponíveis para clubes interessados em fazer uma proposta.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Entre os dez jogadores, que passam a treinar separados, está o volante Toró e o lateral Guilherme Santos, que chegou a ter uma desavença com o então treinador do Figueirense Hélios dos Anjos. Hoje o time, lanterna do Brasileirão, é treinado por Márcio Goiano.

Além dos jogadores já citados, os laterais Saldívar, Pablo, Régis e Marquinhos, os volantes Fabiano Silva, os meias Maicon Talhetti e Wilson Pittoni e o atacante William Potker também estão afastados.

Uma das principais críticas feitas pela torcida diz respeito ao inchaço do elenco do time de Florianópolis.

*Com a Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.