Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Cristiano Ronaldo diz que continua triste, mas assegura que não é por dinheiro

Atacante português garantiu que o seu problema não é econômico e disse que continuará a se dedicar no Real Madrid

iG São Paulo |

Getty Images
Cristiano Ronaldo se diz triste, porém garante que isso não se deve à questão financeira

Diante da grande repercussão tida por suas declarações dadas no último domingo, quando se disse triste profissionalmente, o atacante Cristiano Ronaldo esclareceu nesta terça-feira que o problema vivido por ele atualmente não é econômico e que continuará se dedicando ao máximo ao Real Madrid.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Eu me sentir triste e ter expressado minha tristeza causou um grande rebuliço. Estou sendo acusado de querer mais dinheiro, mas um dia ficará provado que não é o caso", escreveu o astro português em sua conta no Facebook.

Leia mais:  Com proposta do PSG, Cristiano Ronaldo quer deixar Real: "Não me sinto querido"

"Neste ponto, eu só quero garantir aos torcedores do Real Madrid que minha motivação, dedicação, empenho e vontade de vencer todas as competições não serão afetados. Eu tenho muito respeito por mim mesmo e pelo Real Madrid para sempre dar ao clube tudo o que eu sou capaz", completou o atacante, tentando tranquilizar os torcedores do clube espanhol, aos quais deixou um abraço.

Cristiano Ronaldo marcou dois gols na vitória por 3 a 0 do Real sobre o Granada, no último domingo, e não os comemorou. Em entrevista após a partida, o português se disse triste e revelou que dentro do clube algumas pessoas sabiam os motivos, mas não quis apontá-los. 

*Com EFE

Leia tudo sobre: cristiano ronaldoreal madridespanhaportugal

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG