Tamanho do texto

O 'Imperador' deveria realizar nesta segunda-feira treinos na academia do CT, mas faltou à atividade e ainda não deu explicações ao clube

Adriano e Ibson durante rachão do Flamengo em Porto Alegre, no último sábado
Futura Press
Adriano e Ibson durante rachão do Flamengo em Porto Alegre, no último sábado

Surgiu nesta segunda-feira a primeira polêmica de Adriano no Flamengo , desde que o atacante assinou contrato com o clube, no dia 21 de agosto. O "Imperador", que andava aplicado aos treinos, com direito à concentração com o elenco, simplesmente não apareceu para o treino programado para esta segunda, no CT do Ninho do Urubu.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Surpreendido pelo "furo" de Adriano, o Flamengo não sabe explicar o motivo da ausência. A única informação é de que os dirigentes estão aguardando um contato com o jogador antes de se posicionarem.

Vale lembrar que Adriano tem um contrato de risco com o Flamengo, segundo o qual há bonificações de acordo com sua participação nos jogos. O mesmo acordo prevê punições em caso de faltas como a desta segunda.

Leia ainda: Ansioso com o retorno, Adriano revive "Império do Amor" em treino

O salário do jogador na Gávea é de "apenas" R$ 50 mil, quantia bem abaixo do que se acostumou a receber desde os tempos de Internazionale, na Itália.

O "Imperador" se recupera de uma cirurgia no tendão de Aquiles e já voltou a participar de treinos com bola. Porém, precisa se aplicar nos treinamentos para voltar a jogar.

*Com a Gazeta Esportiva