Ex-lateral corintiano foi companheiro do ex-meia na histórica Invasão Corintiana no Maracanã

Ruço, autor de gol histórico, faleceu neste domingo
Gazeta Press
Ruço, autor de gol histórico, faleceu neste domingo

Uma pessoa bem humorada e divertida. Foi assim que o ex-lateral esquerdo Wladimir, jogador que mais vezes entrou em campo com a camisa do Corinthians, definiu o volante Ruço, morto no começo da tarde deste domingo, vítima de um Acidente Vascular Cerebra (AVC).

Leia também:  Ruço, autor do gol da Invasão Corintiana, morre no Rio de Janeiro

"Ele era sempre alto astral, brincando com todo mundo, zoava os companheiros. Era a diversão de grupo. Será uma perda muito sentida", disse o ex-jogador em entrevista.

Wladimir revelou que a saúde de Ruço vinha em um processo de deterioração há anos, apesar de ter esboçado uma pequena melhora nos últimos tempos. De acordo com o ex-lateral, o sistema circulatório de Ruço, causa do AVC que o vitimou , era uma fonte constante de preocupação para o jogador e a família.

Ruço deixará saudades para os corintianos? Deixe seu comentário

"Ele descansou, estava cheio de problemas. Tinha problemas de circulação. Na última vez em que o vi, até pensei que ele tinha melhorado", afirmou.

Ruço e Wladimir jogaram juntos no Corinthians entre 1975 e 1978. Nesse período, a equipe conquistou o histórico Campeonato Paulista de 1977 e protagonizou. Além disso, ambos estiveram em campo durante a Invasão Corintiana, empate por 1 a 1 com o Fluminense no Maracanã que levou o Timão à final do Campeonato Brasileiro, com gol marcado pelo próprio Ruço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.