Zagueiro deu passe errado no segundo tempo, lance que culminou no gol do adversário

Aos 25 minutos do segundo tempo, Rhodolfo tocou a bola no pé de Gabriel, que avançou sem ser incomodado até balançar as redes de Rogério Ceni. O lance definiu a derrota por 1 a 0 do São Paulo para o Bahia neste domingo. E o zagueiro responsável pela ‘assistência’ assumiu um empenho maior dos adversários.

Veja como foi: Bahia se vinga, respira e complica o São Paulo na bri9ga pelo título

Cícero finaliza no jogo em Pituaçu
Futura Press
Cícero finaliza no jogo em Pituaçu

"Eles tiveram mais vontade porque vinham de três derrotas seguidas para nós. E aconteceu a derrota, infelizmente", afirmou o camisa 4, lembrando que, até este fim de semana, o Tricolor paulista tinha vencido os três jogos diante do soteropolitano neste ano, marcando cinco gols e não sofrendo nenhum.

Comente a notícia com outros torcedores

Desta vez, a disposição do time nordestino fez a diferença. "A equipe deles marcou bastante e não jogamos tudo o que sabemos", analisou Rhodolfo. "Foi difícil. O time deles marcou bastante, soube jogar. Não conseguimos criar e pecamos na marcação", continuou o defensor.

Quem demonstrou mais irritação com o resultado foi Denilson. O volante tabelou com Rhodolfo no lance em que o zagueiro deixou a bola para Gabriel fazer o gol. E seguiu para os vestiários do estádio de Pituaçu com poucas palavras para definir o tropeço.

Veja como está a classificação do Brasileirão 2012

"Perdemos, não tem mais nada a falar. É difícil explicar a derrota. Não fomos bem. Essa é a verdade e acabou", limitou-se a dizer o camisa 15, visivelmente bravo com o placar que interrompeu uma sequência que tinha atingido três vitórias na competição.

Veja as imagens deste domingo pelo Brasileirão :

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.