Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Renato manca na saída de campo e Márcio Azevedo chora por má atuação

Mesmo com a vitória sobre por 2 a 0 sobre o Coritiba no Engenhão, duas cenas negativas marcaram a partida

Gazeta |

O Botafogo conseguiu vencer o Coritiba por 2 a 0 no Engenhão e chegou a 31 pontos no Campeonato Brasileiro, se recuperando da goleada sofrida na última quinta-feira diante do São Paulo. Apesar da celebração, duas cenas chamaram atenção na saída de campo: o volante Renato deixou o gramado mancando, enquanto Márcio Azevedo não segurou as lágrimas em virtude da má atuação.

Leia também:  Botafogo perde pênalti, mas vence Coritiba no Rio e ameniza a pressão

Os dois jogadores foram substituídos no decorrer da partida e Renato, trocado por Amaral, é a maior preocupação do técnico Oswaldo de Oliveira. Consciente de que o problema pode ser sério, o volante abre a possibilidade de ser poupado na próxima quarta, quando o Botafogo vai a Belo Horizonte encarar o Cruzeiro.

O choro de Márcio Azevedo é justo? Deixe seu comentário!

"Espero que não seja nada, porque nunca tive nada no adutor, não tenho histórico de lesão, mas sempre me esforço até o fim. Sei que tenho mais experiência, posso até ser preservado, mas não quero desfalcar o Botafogo", comentou Renato depois do apito final no Engenhão.

Mais Brasileirão:  Cruzeiro acorda no final do jogo e vence o Náutico no Independência

Após a partida, o grupo se reuniu no meio-campo em gesto frequente desde a chegada de Seedorf ao time. Mesmo sem contar com o holandês em campo, os jogadores repetiram a atitude e afagaram principalmente o lateral esquerdo Márcio Azevedo, que não teve boa atuação e acabou trocado pelo zagueiro Brinner com bola rolando.

Confira ainda:  Pelo alto, Ponte Preta vira sobre o Atlético-GO no Moisés Lucarelli

"O Márcio estava triste porque não estava conseguindo apoiar bastante. Ele estava triste com isso, mas falamos pra ficar tranquilo. Nesse momento temos que estar juntos, unidos, estamos vindo de derrota, mas hoje a equipe marcou firme, criou e não vamos deixar cair agora", contou o meio-campista Fellype Gabriel, que retornou ao time neste domingo.

Leia tudo sobre: BotafogoRenatoMárcio Azevedobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG