Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Jogadores do Atlético-MG minimizam derrota para o Corinthians

Atletas do time mineiro lembram que a liderança ainda tem dono e dizem já estar concentrados na próxima rodada. Ronaldinho lamentou chances perdidas

Gazeta |

O Atlético-MG não conseguiu somar pontos contra o Corinthians neste domingo, no Pacaembu, mas segue líder do Campeonato Brasileiro, com 44 pontos. Porém, viu o Fluminense igualar a pontuação, e leva vantagem apenas no número de vitórias. Os mineiros ainda tem um jogo a menos que os adversários diretos pelo título.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Futura Press
Ronaldinho Gaúcho sofre marcação de Paulinho no Corinthians x Atletico-MG

Ciente deste panorama ainda favorável, o meia-atacante Bernard pediu paciência e afirmou que perder para o Corinthians é um resultado normal. "Não é uma coisa anormal perder para o Corinthians fora de casa. Lógico que a gente não queria, o nosso objetivo era sair com os três pontos, mas paciência. Agora é descansar para quarta-feira", disse.

Leia mais: Corinthians vence, e Atlético-MG não consegue disparar na ponta

O craque Ronaldinho afirmou que não faltou criatividade ao Atlético-MG e sim mais capricho na conclusão das jogadas. "Criamos muitas ocasiões e faltou foi concluir bem. Tivemos chances até o último minuto, com um gol invalidado que para mim foi legitimo, então não faltou criatividade e sim a gente concluir bem", argumentou.

Ronaldinho ainda reclamou bastante da arbitragem, que segundo o craque, prejudicou o Atlético-MG ao anular um gol, que daria o empate ao time mineiro. "Todo mundo que viu pela televisão falou que não foi falta e nem impedimento, mas todo mundo viu que hoje foi um show a parte dele", completou.

O volante Pierre lembrou que a liderança do Brasileiro ainda é do Atlético-MG, que conheceu a apenas a terceira derrota no ano. "Somos ainda os líderes da competição. Claro que a gordurinha que a gente tinha foi embora, mas temos que ter tranquilidade e cabeça fria, porque quarta-feira tem outro jogo difícil contra o Bahia", declarou.


Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG