Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Forlán desencanta, Inter vira o jogo e goleia o Flamengo no Beira-Rio

Time gaúcho joga bem, se recupera de susto e, com atacante uruguaio inspirado, marca quatro gols sobre os cariocas

iG São Paulo |

O Internacional fez as pazes com a vitória neste domingo. Com uma de suas melhores atuações no Campeonato Brasileiro , o time gaúcho goleou o Flamengo e por 4 a 1, no Beira-Rio. Vágner Love chegou a abrir o placar para os cariocas, mas Forlán (que fez seus dois primeiros gols pelo Inter), Josimar e Leandro Damião decretaram a vitória do Inter.

Veja como está a classificação atualizada do Brasileirão

Com o resultado, o Inter sobe para 34 pontos, e pode terminar a rodada na 6ª colocação, caso o Cruzeiro não vença o Náutico na partida das 18h30 (horário de Brasília), no Independência. Na próxima rodada, a equipe de Fernandão tem um confronto direto com um rival de tabela, o São Paulo, no Morumbi. Já o Fla, que estacionou nos 27 pontos, recebe a Ponte Preta. Ambos os jogos ocorrem na próxima quarta.

O Flamengo saiu na frente em uma falha terrível de Muriel, que errou em bola e deixou Love livre para fazer 1 a 0. Mas, depois disso, só deu Inter. Contando com jornadas inspiradas de Leandro Damião, D’Alessandro e Forlán e com falhas grotescas do sistema defensivo carioca, o Colorado virou o jogo, fez quatro gols e poderia ter saído com goleada ainda maior. Nas últimas quatro partidas, o Inter só havia feito um golzinho.

O jogo
A partida deste domingo marcou o reencontro do técnico Dorival Júnior, hoje no Flamengo, com o clube o qual defendeu até meados de julho. Em um dia de tempo ensolarado e uma agradável temperatura de 27ºC em Porto Alegre, a torcida colorada assistiu a um jogo aberto, e cheio de falhas defensivas dos dois lados.

Logo aos quatro minutos, a primeira delas. Cáceres ganhou dividida com Fred, mas o goleiro Felipe demorou a sair do gol. Fabrício entrou livre, mas Welinton salvou o gol. Aos 10, Muriel fez grande defesa em tentativa de Vagner Love, que entrou livre após bom passe de Ibson. Quatro minutos depois, o goleiro colorado teria desempenho bem mais decepcionante: Muriel recebeu uma bola recuada mas furou, cometendo falha incrível e deixando Love livre para abrir o placar.

Gazeta Press
D'Alessandro tenta jogada no Beira-Rio

O Inter partiu com tudo para cima buscando o empate. Aos 17, Forlán levou perigo em chuta de fora da área. Dez minutos depois, Leandro Damião ajeitou de calcanhar para Fred, que chutou rasteiro e obrigou Felipe a uma grande defesa. No minuto seguinte, o empate: Fred cruzou da esquerda, Ramon se atrapalhou todo ao tentar afastar e deixou Forlán livre para empatar. Foi o primeiro gol do uruguaio com a camisa colorada.

O gol animou o Internacional, que seguiu em cima. Aos 32, a zaga flamenguista afastou mal a bola da área e Índio girou, mas o chute saiu alto demais. Um minuto depois, Fred cruzou, dois zagueiros flamenguistas falharam ao tentar o corte e Forlán quase repetiu o gol marcado. Desta vez, Felipe agarrou sua cabeçada. Na jogada seguinte, o uruguaio serviu Damião, que limpou a marcação e chutou para bela defesa de Felipe.

A pressão vermelha foi recompensada aos 39 minutos: Fabrício cobrou falta para a área, Leandro Damião escorou, a zaga mais uma vez falhou e Josimar pegou de primeira, vencendo Felipe: Inter 2 a 1, e vantagem garantida antes do intervalo.

Para o segundo tempo, Dorival Júnior fez duas mudanças: tirou os apagados Luiz Antônio e Negueba e colocou em seus lugares Darío Bottinelli e Mattheus. Mesmo assim, o Inter seguiu melhor no jogo. Aos 11 minutos, Rodrigo Moledo subiu mais que a zaga carioca e cabeceou para boa defesa de Felipe. O Fla respondeu com Vagner Love, que acertou uma paulada no travessão. Aos 14, Mattheus quase marcou em um chutaço de fora da área.

O Inter, então, imprimiu uma forte pressão e definiu a vitória. Aos 18, Forlán cobrou escanteio, a zaga carioca falhou mais uma vez, mas Rodrigo Moledo concluiu mal. Aos 19, Felipe espalmou falta bem batida por D’Alessandro. Dois minutos depois, Leandro Damião ganhou de González na corrida e tocou para D’Alessandro, que acertou a trave. No rebote, Forlán fuzilou Felipe e fez o terceiro do Inter.

A equipe gaúcha seguiu em cima e colocou o Fla na roda. Aos 23, D’Alessandro quase ampliou em chute de fora da área. Aos 30, Damião deixou o dele: aproveitou cruzamento de Fabrício e encaixou um bonito peixinho: 4 a 1. Completamente perdido, o Flamengo quase levou o quinto aos 32: Nei avançou livre pela direita e chutou para boa defesa de Felipe.

Aos 36, o Flamengo deu as caras no ataque: Mattheus bateu falta e Muriel espalmou bonito. O Inter respondeu na mesma moeda: aos 41, Nei quase fez o quinto em cobrança de falta. A bola não entrou por pouco.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 4 x 1 FLAMENGO

Local : Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data : 2 de setembro de 2012, domingo
Horário : 16 horas (de Brasília)
Árbitro : Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Assistentes : Roberto Braatz (Fifa-PR) e Márcio Eustáquio Santiago (Fifa-MG)
Público : 12.115 (10.413 pagantes)
Renda : R$ 194.550,00
Cartões amarelos : Fred, Leandro Damião, Guiñazu e Josimar (Internacional); Cáceres e González (Flamengo)

Gols :
INTERNACIONAL: Forlán, aos 28, e Josimar, aos 39 minutos do primeiro tempo; Forlán, aos 21 minutos do segundo tempo
FLAMENGO: Vagner Love, aos 14 minutos do primeiro tempo

INTERNACIONAL : Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Guiñazu, Josimar, D’Alessandro (Lucas Lima), Fred e Forlán (Dagoberto); Leandro Damião (Rafael Moura).
Técnico: Fernandão

FLAMENGO : Felipe, Léo Moura, Welinton, González e Ramon; Cáceres, Luiz Antônio (Bottinelli) e Ibson; Thomas (Liedson), Vagner Love e Negueba (Matheus).
Técnico : Dorival Júnior

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: FlamengoInternacionalForlánBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG