Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Pressionado, Vasco recebe a embalada Portuguesa em São Januário

Equipe carioca já não vence há cinco partidas e pode perder vaga no G4 em caso de novo tropeço. Já a Lusa quer se distanciar ainda mais das últimas posições

Gazeta |

Site oficial
Treino do Vasco em São Januário

O Vasco recebe a Portuguesa , neste sábado, às 21h (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro . O time carioca precisa da vitória para afastar a crise que ronda o clube. A equipe não ganha há cinco partidas e foi derrotada nas últimas três, sendo a mais recente por 2 a 0 diante do Grêmio.

O que você espera da partida? Deixe seu comentário

O trabalho do técnico Cristovão Borges vem sendo questionado e a diretoria virou alvo de críticas por conta do planejamento. A equipe, que já chegou a brigar pela liderança, está em queda livre na tabela de classificação, na quarta colocação, com 35 pontos.

Já a Lusa, que tem 25 pontos e está em 13º lugar, luta para se distanciar de vez da zona de rebaixamento e está embalada pela vitória de 3 a 0 no clássico com o Palmeiras.

Cristovão Borges sabe que o momento no Nacional é muito delicado e que as cobranças são grandes. O treinador tem procurado manter conversas diretas com o elenco a fim de solucionar erros cometidos em campo, uma vez que há pouco tempo para treinamento. Além disso, o comandante sabe que o atual grupo não está acostumado a lidar com críticas, pois viveu bons momentos nos últimos meses.

Leia ainda: Em má fase, Vasco tem dificuldade em contratar reforços

"Nós não estamos acostumados a passar por isto, já que os resultados vinham acontecendo. Mas precisamos recolocar a equipe no caminho das vitórias para não perdermos muito contato com os primeiros colocados. A partida contra a Portuguesa ganhou uma grande importância para nós, pois não podemos pensar em outra coisa que não seja a conquista dos três pontos", disse Cristóvão. Cientes de que podem ter que conviver com um certo clima de hostilidade na partida deste sábado, os jogadores vascaínos trataram de se antecipar ao problema e convocaram os torcedores a incentivarem a equipe.

"Nós estamos trabalhando em um clube grande e acostumados a lidar com a pressão, mas queremos e precisamos muito do apoio de nossa torcida contra a Portuguesa. O foco do Vasco é a primeira colocação e para isto não podemos perder pontos em São Januário. Estamos há quarenta rodadas no G-4 do Campeonato Brasileiro e isto mostra a força de nosso conjunto. Agora, mais do que nunca, vamos precisar desta força que vem da arquibancada", explicou o goleiro Fernando Prass.

Veja também: Ananias diz que Lusa foi perfeita contra o Palmeiras

Neste jogo, o Vasco terá os retornos do volante Fellipe Bastos e do meia Juninho Pernambucano, que cumpriram suspensão na rodada passada. O primeiro entra na vaga de Eduardo Costa. Já o segundo ocupa o posto de Felipe. O lateral esquerdo William Matheus torceu o joelho esquerdo diante dos gremistas e pode ser vetado. Neste caso, Thiago Feltri assume o posto. No ataque, Wilian Barbio e Tenorio disputam a vaga de Éder Luís, que segue fora por conta de um edema na coxa esquerda.

AE
Geninho faz boa campanha na Portuguesa

Pelo lado da Portuguesa, o técnico Geninho está satisfeito com o fato da equipe estar evoluindo dentro do Brasileirão. O treinador, porém, sabe que ainda tem muita coisa que precisa ser feita e acredita que uma vitória contra o Vasco, fora de casa, possa modificar, de uma vez por todas, a visão que as outras equipes têm da equipe rubro-verde.

"No início do Campeonato Brasileiro, falavam apenas que a Portuguesa seria rebaixada ou que lutaria para escapar das últimas colocação da tabela de classificação. Agora, estamos com um outro posicionamento e o respeito é maior. A vitória sobre o Palmeiras melhorou ainda mais esta nossa realidade, mas também seria muito importante ganharmos um jogo complicado fora de casa, como será este diante do Vasco, que tem uma grande equipe e está lutando na parte de cima. Vamos trabalhar muito para isto", assegurou Geninho.

A Portuguesa tem problemas para este duelo. Os volante Ferdinando e Moisés e o atacante Ananias receberam o terceiro amarelo contra o Verdão e cumprem suspensão. Assim, Maylson e Diguinho entram no meio-campo e Diego Viana ganha uma oportunidade no ataque.

No primeiro turno, as duas equipes se enfrentaram em São Paulo e o Vasco venceu por 1 a 0, graças a um golaço de bicicleta de Alecsandro.

FICHA TÉCNICA
VASCO X PORTUGUESA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ) 
Data: 1º de setembro de 2012, sábado 
Horário: 21 horas (de Brasília) 
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR) 
Assistentes: Thiago Brigido (CE) e Carolina Melo (CE) 

VASCO: Fernando Prass; Auremir, Dedé, Douglas e William Matheus (Thiago Feltri); Nilton, Fellipe Bastos, Juninho Pernambucano e Carlos Alberto; Wilian Barbio (Tenorio) e Alecsandro Técnico: Cristovão Borges

PORTUGUESA: Dida; Luís Ricardo, Gustavo, Valdomiro e Rogério; Maylson, Léo Silva, Diguinho e Boquita; Diego Viana e Bruno Mineiro
Técnico: Geninho

Leia tudo sobre: VascoPortuguesaBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG