Nas duas últimas rodadas, o Atlético-MG somente empatou contra Cruzeiro e Ponte Preta, o que para o técnico Cuca não significa que o Galo esteja perdendo força

O técnico Cuca revelou preocupação com a sequência de jogo do Atlético-MG no mês de setembro no Campeonato Brasileiro . Ao todo, a equipe fará oito partidas nos próximos 30 dias, sendo cinco delas fora de casa. Cuca disse ainda, que serão jogos difíceis, e que por isso, traçou um planejamento para continuar somando pontos e manter a liderança da competição.

E MAIS: Ronaldinho espera "jogão" contra o Corinthians: "Todo mundo está motivado"

Cuca, técnico do Atlético-MG
Divulgação
Cuca, técnico do Atlético-MG

"Esse mês é complicado. Temos oito partidas e cinco delas são fora de casa. As de casa também são difíceis. Temos São Paulo, Grêmio e Palmeiras. Estudei a minha tabela e dos concorrentes e a gente faz uma projeção interna com o grupo. Em outubro, temos seis jogos e quatro deles são em casa. Temos que entender que o campeonato é assim. Empatar e perder faz parte do cronograma", declarou.

VEJA TAMBÉM: Atlético-MG renova contrato do atacante Neto Berola

Nas duas últimas rodadas, o Atlético-MG somente empatou contra Cruzeiro e Ponte Preta, o que para o técnico Cuca não significa que o Galo esteja perdendo força. "Acho que não perdemos a força de jeito algum. Não temos que ganhar do Corinthians para mostrar força. Campeonato é duro, não se ganha quando quer. Vamos para a Bahia com a mesma intensidade", disse.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Cuca comemora o fato de ter todo o elenco à disposição para o duelo deste domingo, contra o Corinthians. "A gente tem todos à disposição. Vou viajar com 21 e de lá vamos para a Bahia. Deixo uns seis aqui e vamos fazer força de grupo. Conversei com eles, empatamos os três jogos, em situações que poderíamos ter vencido. Ter jogado para vencer, apesar do resultado, dá um alento para a competição", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.