Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Pela reabilitação, Criciúma tenta manter tabu contra o instável Bragantino

Catarinenses perderam na última rodada e recebem o time paulista, que tem técnico novo

Gazeta |

Na Série B do Campeonato Brasileiro desta temporada, o Criciúma alcançou a incrível marca de dez vitórias em dez jogos dentro do Estádio Heriberto Hülse, onde recebe o instável Bragantino , que irá estrear o seu terceiro técnico nesta competição, nesta sexta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela 21ª rodada. O Tigre quer se reabilitar da derrota para o Guaratinguetá, no última final de semana.

Veja como está a classificação da Série B do Brasileirão

Para esta partida, o técnico Paulo Comelli não poderá contar com o goleiro Douglas Leite e o volante Fransérgio, que se recuperam de lesões musculares. Michel Alves substituirá o primeiro, enquanto Diego Felipe e Elias disputam a vaga do segundo, dúvida que só deverá ser clareada horas antes do início do confronto com os paulistas.

Futura Press
Zé Carlos é um dos trunfos do Criciúma

Enquanto isto, as boas notícias ficam por conta das voltas do lateral direito Ezequiel, que havia cumprido suspensão automática contra a Garça, e do lateral esquerdo Marlon, que, sentindo um desconforto muscular, sequer foi com a delegação para o Vale do Paraíba. 

A grande aposta de Comelli é o meia Giovanni Augusto. "Do meio-campo para frente, ele rende muito. É um jogador de inteligência, com grande potencial e que precisa ter sequência", elogiou o treinador, que garantiu uma atitude ofensiva de seus comandados. "Nós temos que procurar sempre a vitória", declarou.

Já Michel Alves, mais uma vez no arco catarinense, pediu que o time "assuma as responsabilidades" pelos erros e acertos. Já fora das quatro linhas, o arqueiro aproveitou para convocar a torcida. "O torcedor espera o oposto da nossa atuação da rodada passada. Ele tem que vir conosco, porque nós precisamos demais dele", pediu.

Quem vence? Criciúma ou Bragantino? Deixe seu recado e comente

Do lado de Bragança Paulista (SP), tudo gira em torno de Vágner Benazzi, que assumiu o comando técnico da equipe após a demissão de Roberto Cavalo. O treinador foi apresentado oficialmente na última quarta-feira e já comandou a equipe alvinegra. Benazzi, que terá a missão de livrar o clube do rebaixamento, já teve rápida passagem pelo Massa Bruta, em 1996.

"O Bragantino tem que ter força, determinação e vontade de ganhar. Neste aspecto, eu conheço bem este time", disse Benazzi. "Eu já tive a oportunidade de tentar salvar uma equipe com apenas dez ou 11 jogos, e consegui. Passei isto para os jogadores e eles entenderam o nosso pensamento. Vou fazer de tudo para tirar o Bragantino desta situação", assegurou o comandante.

Vágner Benazzi, mesmo há tão pouco tempo no cargo, já tem vários problemas. Isto porque o lateral direito Murilo Silva, os zagueiros Preto Costa, Caldeira, Guilherme e Maílson e o atacante Malaquias, todos no departamento médico, são desfalques certos. Já o meia Fernando Gabriel, com dores lombares, não treinou durante esta semana e é dúvida.

No entanto, o novo técnico leonino tem motivos para comemorar, já que o volante Acleisson, que, suspenso, não jogou a última partida, volta a ficar à disposição. Sobre o esquema tático, Benazzi ainda tem dúvidas: pelo pouco conhecimento de seus atletas, o 4-4-2 e o 3-5-2 estão em pauta. O primeiro vinha sendo utilizado por Cavalo recentemente.

Além de tentar ser o primeiro a roubar pontos do Tigre em Criciúma (SC), o Bragantino tem outro retrospecto negativo: não vence a equipe catarinense desde 1997. Na ocasião, o Braga derrotou o adversário por 1 a 0, em casa, pelo Brasileirão. Depois, foram dez encontros, com sete vitórias do Criciúma e três empates.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA X BRAGANTINO

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC) 
Data: 31 de agosto de 2012, sexta-feira 
Hora: 19h30 (de Brasília) 
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ) 
Assistentes: Marco A. Santos Pessanha e Wagner de Almeida Santos (ambos do RJ) 

CRICIÚMA: Michel Alves; Diego Felipe, Matheus Ferraz, Nirley e Willian Simões; Diego Oliveira (Elias), Rodrigo Possebon, Kléber e Giovanni Augusto; Lucca e Zé Carlos
Técnico: Paulo Comelli

BRAGANTINO: Alê; Murilo, Kadu, André Astorga e Franck; Acleisson, Luciano Sorriso, Gabriel e Mateus; Léo Jaime e Cesinha
Técnico: Vágner Benazzi

Leia tudo sobre: CriciúmaBragantinoSérie B 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG