Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Falcao faz 3 e Atlético de Madri massacra Chelsea na Supercopa da Europa

Brasileiro Miranda ainda deixou sua marca na vitória do campeão da Liga Europa sobre o da Liga dos Campeões

iG São Paulo | - Atualizada às

Em dia inspirado do colombiano Falcao García , o Atlético de Madri atropelou o Chelsea  por 4 a 1 e conquistou a Supercopa de Europa nesta sexta-feira. O goleador marcou três na partida disputada entre os últimos vencedores da Liga dos Campeões e da Liga Europa e comandou o triunfo da equipe espanhola, que conquistou a taça pela segunda vez em sua história. Com o título, o Atlético amplia o domínio espanhol na Supercopa, já que, desde 2009, somente o equipes do país ergueram a taça.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros internautas

Reuters
Herói da partida, Falcao ganha abraço dos colegas

Com muita categoria, Falcao García abriu o placar logo aos seis minutos, ampliando aos 18 com um golaço. No final do 1º tempo, ele ainda faria o terceiro em contra-ataque fulminante dos madrilenhos. O brasileiro Miranda também marcou um belo gol. Pelo Chelsea, Oscar começou no banco, mas entrou no 2º tempo e jogou 45 minutos. Foi o terceiro jogo do meia com a camisa do time londrino.

Essa foi a segunda partida seguida em que Falcao García marcou três gols. Contra o Athletic Bilbao, no início da semana, pelo Espanhol, o colombiano também foi à rede três vezes. O Atlético de Madri volta a campo nesta segunda-feira, fora de casa, diante do Betis, pelo Espanhol. Já o Chelsea joga pelo Inglês no dia 15 de setembro, contra o Queens Park Rangers, time que acertou na última quinta-feira a contratação do goleiro brasileiro Julio Cesar .

O jogo
Na primeira etapa, o Atlético de Madrid atropelou o Chelsea. Logo após acertar o travessão, Falcao García recebeu bom passe e deu um toque sutil sobre Cech para abrir o placar aos seis minutos de jogo. Enquanto os ingleses não conseguiam chegar ao gol, os espanhóis investiam no contra-ataque. Com um Adrián inspirado, os colchoneros  levavam muito perigo.

VEJA:  Após seis anos na Inter de Milão, Maicon acerta contrato com o Manchester City

Aos 18, Falcao faria o segundo dele e da equipe. O camisa 9 cortou para o pé esquerdo e mostrou porque é artilheiro. Vendo o goleiro rival adiantado, Falcao colocou a bola com o pé esquerdo por cima de Cech e saiu comemorando. Aos 45, o artilheiro ampliaria. Em nova saída de contra-ataque, Turan disparou e não foi marcado. Com liberdade, invadiu a área e colocou o colombiano na cara de Cech. Na saída do goleiro, o jogador tocou por baixo e fez mais um.

A primeira chance do Chelsea só veio de fato depois do intervalo. Fernando Torres dominou na meia-lua, ajeitou para o pé direito e bateu. Bola passou à direita de Courtois e assustou. O atacante, revelado no time de Madri, foi aplaudido até mesmo pelos torcedores espanhóis após a jogada.

Apesar de vir para cima, os ingleses viram uma goleada se formar. Miranda aproveitou sobra e tocou sutilmente por cima do goleiro, aos 15 minutos. O Chelsea conseguiria diminuir o prejuízo apenas aos 29. Cahill viu a bola cair em sua frente após escanteio e chutou com força para fazer o gol de honra dos atuais campeões europeus.

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG