Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Ex-goleiro Marcos prepara conversa para preleção do Palmeiras

Ídolo da torcida já faz as contas de quantos pontos o time precisa para não cair e diz que confia no elenco

Gazeta |

Gazeta Press
Para Marcos, Palmeiras precisa de 9 ou 10 vitórias para permanecer na série A

Durante sua trajetória no Palmeiras , Marcos virou ídolo por ter suas defesas comparadas a intervenções divinas. O goleiro, porém, sempre recusou o rótulo de santo, e avisa que não poderá fazer nenhum milagre para evitar o rebaixamento do time. Contudo, promete fazer sua parte indo ao Pacaembu no sábado não só para torcer, mas para participar de alguma forma da preleção antes do jogo contra o Grêmio.

Deixe um recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não vou fazer palestra motivacional, nada disso. Mas vou lá bater um papo mesmo, passar algumas coisas positivas", disse o ex-atleta, reforçando que só poderá ajudar assim. "Não acho que o time vai precisar de um milagre para não cair. Mas, se precisar, não é para mim que tem que pedir. É lá para cima", falou, apontando para o céu.

A sua colaboração será na tentativa de levantar o ânimo de uma equipe que, no mês passado, conquistou a Copa do Brasil. "O time acabou de ser campeão, não desaprendeu. É necessário ter personalidade", indicou o ídolo, que segue próximo ao elenco e, por isso, se coloca como alguém que pode apoiá-lo."Agora é pancada de todos os lados. No futebol é assim: louros para quem ganha e porrada em quem perde. E tem que ser assim mesmo. Mas vou tentar ajudar porque o jogador motivado trabalha melhor", explicou Marcos.

Leia mais: Quase aposentado, Assunção teme manchar carreira com rebaixamento

A situação é preocupante. O Verdão ocupa o 17º lugar do Campeonato Brasileiro e está a quatro pontos do Bahia, primeiro clube que aparece fora da zona de rebaixamento. O momento faz até o ex-goleiro, que caiu para a Série B há dez anos com o time, já apelar à calculadora.

Veja também: Com risco de queda do Palmeiras, Marcos aponta festa exagerada na Copa do Brasil

"Eu estava fazendo umas contas em casa. São necessárias nove ou dez vitórias para não ser rebaixado. E tenho confiança de que o time vai conseguir", discursou, ressaltando as chances diante do terceiro colocado do torneio neste fim de semana. "O Grêmio é uma pedreira, mas o Palmeiras tem condições de vencer. Já se classificou na Copa do Brasil ganhando lá no Olimpico."

E ainda: Tiago Real assina contrato com Palmeiras e pode estrear contra o Grêmio

Pela Copa do Brasil, em Porto Alegre, os comandados de Luiz Felipe Scolari venceram por 2 a 0 com Marcos no estádio, assim como será neste sábado. Um indicativo de bom resultado até para os jogadores. "Eles falavam para mim na Copa do Brasil que deu certo, o time ganhava sempre que eu aparecia. Mas avisei: ‘quanto mais vocês treinam, mais sorte eu tenho’", sorriu o ídolo, reforçando o pedido por trabalho.

Leia tudo sobre: preleçãopalmeirasbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG