Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

PSV bate recorde com goleada de 9 a 0 e vai à fase de grupos da Liga Europa

Placar representa a maior goleada do segundo torneio mais importante do continente desde que foi rebatizado como Liga Europa

EFE |

EFE

Getty Images
PSV levou a melhor por 9 a 0 depois de vencer o jogo de ida por 5 a 0

O PSV Eindhoven se classificou para a fase de grupos da Liga Europa nesta quinta-feira ao golear o Zeta Golubovci, de Montenegro, por 9 a 0 no estádio Philips, num jogo em que a equipe holandesa bateu recordes na competição continental. O placar do duelo representa a maior goleada da história do segundo torneio mais importante do Velho Continente desde que foi rebatizado como Liga Europa, na temporada 2009/2010, e o maior placar agregado.

O que você achou da gelada? Dê sua opinião com outros torcedores

Getty Images
Jogadores do PSV celebram a goleada tranquila na Liga Europa

Na ida, o PSV já havia batido o Zeta por 5 a 0 fora de casa. Se levado em conta todo histórico da competição, que antes era chamada de Copa da Uefa, a equipe de Eindhoven fica atrás de outros times da Holanda.

Veja ainda:  Namorada de C. Ronaldo quase mostra demais em premiação da Uefa

A maior goleada em um só jogo foi os 14 a 0 do Ajax sobre o já extinto Red Boys Differdange, de Luxemburgo, em 1984. Em 1973, o Feyenoord fez 9 a 0 na ida e 12 a 0 na volta diante do Rumelange, outro representante luxemburguês, assinalando a maior vantagem de todos os tempos na soma dos resultados: 21 a 0.

Confira também:  Iniesta vence Messi e C. Ronaldo e é eleito o melhor da Europa

Os grandes nomes da vitória do PSV nesta quinta foram Matavz e Wijnaldum, com três gols cada. Van Ooijen balançou a rede duas vezes, e Jorgensen também deixou o dele. Atual vice-campeão da Liga Europa, o Athletic Bilbao apenas administrou a vantagem construída no jogo de ida diante do HJK Helsinki, em que havia vencido por 6 a 0 no San Mamés.

Nesta quinta-feira, os bascos chegaram a estar perdendo por 2 a 0 e 3 a 1, mas empataram em 3 a 3 e ficaram com a vaga. Duas grandes decepções foram o CSKA Moscou e o APOEL Nicosia. A equipe russa havia batido o AIK por 1 a 0 na Suécia na primeira partida, mas perdeu por 2 a 0 na volta, em casa, com direito a um gol sofrido aos 48 minutos do segundo tempo.

Já os cipriotas, que foram até as quartas de final da Liga dos Campeões na última temporada, ficaram fora da Liga Europa também com uma derrota como mandante, por 3 a 1 diante do Neftçi. Na ida, no Azerbaijão, as equipes haviam empatado em 1 a 1.

Quinto colocado do último Campeonato Português, o Marítimo eliminou o Dila Gori, da Geórgia, com duas vitórias. Depois de terem vencido por 1 a 0 em casa no primeiro jogo, os lusos fizeram 2 a 0 como visitantes na volta. Os gols foram marcados por Héldon, de Cabo Verde, e pelo brasileiro Danilo Dias, ex-atleta do Goiás e do Atlético-GO.

Leia tudo sobre: FUTEBOL LIGA EUROPA (Resumo)

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG