Após vitória sobre o rival direto Vasco e os tropeços de Atlético-MG e Fluminense, time gaúcho ganhou peso na briga pelo título

Poucas rodadas neste Campeonato Brasileiro foram tão boas para o Grêmio quanto a desta quarta-feira. Além de vencer o Vasco e abrir cinco pontos de distância para os cariocas, o time gaúcho viu Atlético-MG e Fluminense empatarem em casa. A distância até a liderança caiu para quatro pontos. Em relação ao São Paulo, quinto colocado que joga nesta quinta-feira, já é de nove.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Lance de Grêmio x Vasco, disputado no Estádio Olímpico
Futura Press
Lance de Grêmio x Vasco, disputado no Estádio Olímpico

"Não adiantava nada a rodada ser boa se a gente não ganhasse o jogo", destacou o goleiro Marcelo Grohe. "O Vasco valorizou muito o resultado. Nosso objetivo é pensar jogo a jogo. Temos que ter calma: o Brasileirão é um campeonato muito traiçoeiro, as equipes são todas muito fortes. Sábado temos outro pedreira com o Palmeiras", projetou o camisa 1 gremista.

O atacante Kléber, autor do segundo gol nos 2 a 0 sobre o Vasco, valorizou a boa atuação do time dentro do Olímpico: "no segundo tempo a gente tomou uma pressãozinha normal, mas o jogo foi controlado pelo Grêmio o tempo todo. Aconteceu aquilo que a gente queria: o Atlético-MG derrapar, o Fluminense empatar também. Estamos encostando. A gente tem que continuar assim: fazer o nosso trabalho, vencer e esquecer Galo e Flu", disse o Gladiador.

Leia ainda: Fluminense e Corinthians empatam no Engenhão

O meia Zé Roberto, que desde que chegou a Porto Alegre tem colocado o Grêmio como candidato ao título, comemorou a boa fase da equipe, que conquistou nove vitórias nos últimos 12 jogos: "a gente tende a crescer cada vez mais. Estamos num excelente momento e nos aproximando de nossos objetivos. A vitória hoje foi importantíssima para dar sequência ao nosso trabalho", disse o articulador.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.