Tamanho do texto

Com vitória e tropeços dos rivais Atlético-MG e Fluminense, time gaúcho já começa a sonhar com título

A briga pelo título do Campeonato Brasileiro , a julgar pela rodada desta quarta-feira, começou a ganhar mais um concorrente. Com gols de Marcelo Moreno e Kléber, o Grêmio ganhou a terceira partida consecutiva: fez 2 a 0 no Vasco e abriu cinco pontos distância para os cariocas, que estão em 4º lugar, com 35. Agora, o time gaúcho tem 40, contra 43 do Fluminense e 44 do Atlético-MG .

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Marcelo Moreno comemora gol do Grêmio na vitória sobre o Vasco
Futura Press
Marcelo Moreno comemora gol do Grêmio na vitória sobre o Vasco

Depois de um início estudado e de muita disputa, o Grêmio partiu para cima do Vasco. Empurrado por uma torcida entusiasmada pelos tropeços de Galo e Flu, o time gaúcho encurralou os cruz-maltinos a partir dos 30 minutos e chegou ao gol antes do intervalo. Na etapa final, o Tricolor ampliou a vantagem cedo. O Vasco só criou chances após o 2 a 0, mas não conseguiu sequer descontar.

Sábado, o Grêmio tem um compromisso longe do Olímpico: enfrenta o desesperado Palmeiras, na Arena Barueri. O Vasco, que perdeu a terceira partida seguida, recebe a Portuguesa, em casa, também no sábado.

O jogo
O Grêmio não sentiu tanto a ausência de Elano, seu principal meio-campista e autor do gol da vitória no último Gre-Nal. Marquinhos, seu substituto, realizou uma boa partida. A equipe de Vanderlei Luxemburgo, no entanto, demorou a esquentar. Até metade do primeiro tempo o jogo era muito estudado. O primeiro chute a gol só ocorreu aos 24 minutos, com Pará, sem perigo.Aos poucos, o Grêmio foi adiantando sua equipe e dominando a meia-cancha. Com uma marcação muito forte, não deixou o Vasco respirar. Aos 30, Kléber arriscou de longe, para fora. Dois minutos depois, a primeira grande chance do jogo: Anderson Pico achou Marquinhos na área. De primeira, o meia deixou Kléber na cara do gol, mas Fernando Prass fez grande defesa.

Aos 39, Marquinhos teve grande chance: aparou um rebote após jogada de Marcelo Moreno e chutou em cima de Dedé, dentro da área. Dois minutos depois, o gol: Kléber sofreu falta de Dedé pela esquerda, quase na área. Marquinhos cobrou fechado, Prass cortou mal e Moreno, oportunista, empurrou para as redes: Grêmio 1 a 0. O Vasco fechava a etapa inicial sem uma conclusão sequer ao gol de Marcelo Grohe.


Com Tenório no lugar de William Barbio, o Vasco voltou mais agressivo no segundo tempo. Mesmo assim, a primeira chance foi gremista: aos quatro minutos, a zaga carioca fez linha burra e deixou Marcelo Moreno livre. Douglas fez o corte na hora da conclusão, impedindo o segundo gol. No minuto seguinte, a resposta: Naldo cortou mal e a bola ficou livre para Tenório, mas a arbitragem parou a jogada marcando falta em Werley, o que gerou protestos do time vascaíno.

Aos 12, o Grêmio resolveu o jogo: Kléber recebeu pela esquerda, arriscou da entrada da área, a bola desviou Dedé e enganou Fernando Prass: 2 a 0. O jogo, então, caiu de ritmo. O Vasco só teve sua primeira conclusão em toda a partida aos 24 minutos, com Alecsandro, raspando a trave de Marcelo Grohe. O lance acordou o time carioca, que começou a levar perigo.

Aos 27, Eduardo Costa cabeceou após cobrança de falta e Marcelo Grohe defendeu no susto. No rebote, Tenório tocou de cabeça e Naldo afastou em cima da linha. Aos 33, novamente em falta lateral, Tenório cabeceou na trave. Eduardo Costa, completamente livre, chutou mal, por cima.

No fim, uma grande chance gremista: aos 41, Anderson Pico faz grande jogada pela esquerda e cruza na cabeça de Zé Roberto, que toca na trave. A bola correu sobre a linha, Fernando Prass afastou com uma mão e André Lima chutou em cima da zaga no rebote.