O Barcelona abriu vantagem de 3 a 2 na primeira partida e joga pelo empate nesta quarta, às 17h30 (de Brasília), no estádio Santiago Bernabéu.

A decisão do técnico Tito Vilanova de relacionar todos os jogadores do elenco do Barcelona para a final da Supercopa da Espanha, nesta quarta-feira, contra o Real Madrid , confirma a utilização nessa partida do zagueiro Puyol, que sofreu uma fratura no osso da face na vitória do final de semana contra o Osasuna e deve entrar em campo vestindo uma máscara protetora.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Barcelona abriu vantagem de 3 a 2 na primeira partida e joga pelo empate nesta quarta, às 17h30 (de Brasília), no estádio Santiago Bernabéu. Puyol, que recebeu tratamento conservador na segunda e na terça-feira, treinou normalmente com o restante dos companheiros e está à disposição do técnico Tito Vilanova para o confronto decisivo.

Puyol comemora gol com Fabregas seu gol no jogo de abertura do Campeonato Espanhol
Getty Images
Puyol comemora gol com Fabregas seu gol no jogo de abertura do Campeonato Espanhol

Veja também: Kaká é relacionado por Mourinho para o jogo contra o Barça

Após o treinamento desta terça, o capitão do Barcelona recebeu apoio do companheiro Piqué, que confia na escalação de Puyol para o compromisso que pode marcar o primeiro título dos catalães na era pós-Guardiola: "Conhecendo-o como conheço, acho que Puyol pode sim ir para o jogo".

Leia também: Mourinho pede a jogadores do Real Madrid para mudarem de atitude

Todo o elenco do Barcelona foi relacionado para a partida, à exceção de quatro desfalques: Thiago Alcântara, Cuenca e Muniessa, todos lesionados, além de Abidal, que se submeteu a uma cirurgia de transplante de fígado em abril.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.