Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Mourinho pede a jogadores do Real Madrid para mudarem de atitude

Treinador português não quer ver seus jogadores repetindo a postura apresentada na derrota para o Getafe na partida diante do Barcelona, nesta quarta, pela final da Supercopa

EFE |

EFE

Chateado após a derrota por 2 a 1 de virada para o Getafe no último domingo, pela segunda rodada do Campeonato Espanhol, o técnico José Mourinho se disse nesta terça-feira preocupado com o momento psicológico do elenco do Real Madrid e pediu que os jogadores mudem de postura a partir de agora. O próximo desafio do Real será a partida de volta da Supercopa da Espanha, nesta quarta-feira, no estádio Santiago Bernabéu, diante do Barcelona. Na ida, a equipe catalã venceu por 3 a 2 em casa.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O problema que tenho é só a diferença de comportamento. Ganhar a Supercopa ou derrotar o Barça, nada disso é importante para mim. Neste momento, minha prioridade é saber se a atitude que tivemos contra o Getafe foi ocasional ou é uma situação como consequência de um determinado perfil psicológico que alguns jogadores construíram. Posso perder a Supercopa, para mim o fundamental amanhã [quarta-feira] é saber que jogadores tenho", projetou o treinador português.

Veja também: Com inícios de temporada distintos, Real e Barça decidem Supercopa da Espanha

Mourinho analisou o momento da equipe, que não venceu nenhuma das três partidas que disputou na temporada até agora. Além das derrotas para Barcelona e Getafe, o time de Madri empatou com o Valencia em casa, na estreia pelo Espanhol.

AP
José Mourinho quer ver os jogadores do Real Madrid apresentando uma outra postura em campo

"Contra o Valencia, sem fazer um grande jogo, empatamos, mas merecíamos vencer pelo bom segundo tempo que fizemos. Na Supercopa, o que se viu foi uma boa partida contra um adversário muito difícil. Foi um primeiro tempo mais defensivo, algo que aconteceu não por vontade própria nossa, e um segundo muito equilibrado. Perdemos por 3 a 2, resultado que deixa tudo em aberto. O jogo contra o Getafe é que foi inaceitável em todas as suas vertentes: motivacional, de concentração, de ambição tática e técnica. Uma partida inaceitável", comentou.

Leia também: Real Madrid sofre virada do Getafe e segue sem vencer na temporada

O técnico português evitou apontar culpados para o mau começo do time na temporada e defendeu o atacante Cristiano Ronaldo, que recebeu algumas críticas após atuações apagadas nos duelos pelo Espanhol, embora tenha feito um gol contra o Barça na última quarta. "Cristiano está como a equipe. Contra o Getefe, não foi melhor nem pior que o resto, foi igual. Por isso coloco os 11 jogadores no mesmo barco", argumentou.

Confira ainda: Ídolos croatas se animam com contratação de Luka Modric pelo Real

Por fim, o técnico revelou que o zagueiro brasileiro naturalizado português Pepe está recuperado da lesão na cabeça sofrida contra o Valencia, há dez dias, mas foi cauteloso ao falar de uma possível volta aos gramados já nesta quarta. "É muito difícil que isso (a volta nesta quarta) aconteça. Temos que seguir um roteiro", explicou. 

Leia tudo sobre: Futebol mundialEspanhaReal MadridJosé Mourinho

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG