Classificado para o Mundial de Clubes e também para a próxima Libertadores, o time paulista quer terminar pelo menos próximo aos líderes do Brasileirão

As derrotas para Santos e São Paulo impuseram ao Corinthians sua pior série da temporada. Pela primeira vez em 2012, a equipe do técnico Tite perdeu dois confrontos seguidos, mas o lateral esquerdo Fábio Santos nega que o time esteja acomodado por conta da conquista da Copa Libertadores.

Derrota no clássico de domingo impôs série negativa inédita ao Corinthians no ano
Futura Press
Derrota no clássico de domingo impôs série negativa inédita ao Corinthians no ano

E MAIS:  Acusado de simular falta no clássico, Paulo André se defende de críticas

"Não é muito a cara deste grupo se acomodar. Os jogadores são bem conscientes em relação a isso e ninguém quer dar brecha neste momento, porque também tem o risco de sair da equipe. Não vamos pensar que o objetivo será só fim do ano, óbvio que estamos preocupados com o campeonato agora", afirmou.

VEJA:  Guerrero apresenta melhora e tem chance de jogar contra o Fluminense 

Classificado para o Mundial de Clubes e também para a próxima Libertadores, o alvinegro quer terminar pelo menos próximo aos líderes do Brasileirão. Fábio Santos explicou que a disposição é a mesma do primeiro semestre, quando a equipe almejava o Paulistão e também o torneio continental.

"Nosso time corre e marca. Se o adversário não vem desta maneira, não vai conseguir nos vencer. Ganhar do Corinthians é diferente, mas nossa motivação está grande ainda. Ficamos nove jogos sem derrotas e, depois, perdemos dois clássicos, mas com atitude e oportunidades em campo", acrescentou.

CONFIRA:  Sem chances de título, corintianos têm como única motivação atrapalhar líderes

Para conseguir a recuperação nesta quarta-feira, contra o Fluminense, Fábio Santos cobra a melhora no sistema defensivo, que era o ponto forte do Alvinegro nesta temporada. "O desempenho da equipe vem sendo bom, mas, infelizmente, não tivemos resultado. Isso serve de alerta para o time não perder, pois tomamos cinco gols em dois jogos e não estamos acostumados a isso", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.